Tenho uma lágrima no canto do olho

abola_21092010

Agradeço a Bonga ter criado um tema musical que ilustra na perfeição o meu sentimento neste momento. Hoje o jornal oficial do Benfica teve a amabilidade de dedicar um espaço à quinta vitória do FC Porto no campeonato.

Com mais nove pontos que o glorioso na tabela classificativa, o FCP teve direito a uma área importante na maravilhosa primeira página do periódico, que soube mostrar suficiente desportivismo para dedicar uns 10 centímetros ao triunfo na Madeira, ainda assim, e bem, lá bem distante da estrondosa informação dos 16 segundos de posse de bola do Tacuara no derby.

Estou enternecido. Acho que não vou conter as lágrimas.

Ainda assim espero que o jornal oficial não abuse destas situações e amanhã quero saber tudo sobre os mais recentes reforços da equipa de carica em pista coberta do clube da águia.

Comments

  1. Pedro Sousa says:

    Se juntarmos a esta capa uma outra do dia seguinte ao apuramento histórico de dois clubes portugueses para as meias finais da Taça Uefa em 2004 (a capa foi o Roger a jogar matraquilhos) e uma outra do dia da final de Genselkirchen em que a capa foi o novo penteado do Simão Sabrosa, já nada me espanta desse pasquim.


  2. Dass, façam como eu: não o compro, não o leio logo, não existe!


  3. E perdemos toda a diversão? Vá lá, comprar não compro mas ver a primeira página vejo. Divirto-me.

  4. carlex says:

    Pasquim a essa espécie de jornaleco???
    Só??? Pasquim é POUCO!! Eu diria PIDE da BOLA!!!
    Mas o q se há-de fazer?? Coitaditos…..têm q puxar para cima o q anda MUITO por BAIXO…………….
    Boa designação desse pasquim será: transmiCorreia de ssão dos red´s……….

  5. AMNunes says:

    Se os Senhores tivessem um negócio que vende a certos clientes e não vende a outros, faziam o possível por vender. Para resolver o vosso problema de complexo de inferioridade, podem fazer com o pasquim o que fazem com os árbitros e os Aurélios. Cheguem-lhe com a FRUTA de comer.

  6. Pedro Sousa says:

    Amigo AMNunes, cada um dá o que pode. Vcs por exemplo alguma coisa devem ter dado a época passada ao Sr. Ricardo Costa, para não falar dos roubos de igreja a que assistimos a favor do glorioso na 2ª volta da última época, agora o que estamos aqui a falar é de um jornal desportivo diário que deveria ser o mais isento possivel e não o é, o que o torna vergonhoso. Vou-lhe dar mais um exemplo, à uns anos atrás o Castelo da Maia jogava o jogo do titulo contra o Esmoriz em voleibol. O destaque nesse dia na página dos outros desporto era em letras garrafais, “Benfica joga importante cartada rumo à manutenção na divisão A1. É disso que estamos a falar Sr. AMNunes e não de frutas, de Ricardos Costas, de João Ferreiras e afins.


  7. Caro AMNunes, compreendo bem a necessidade de procurar agradar à clientela, mesmo que isso implique não cativar outros potenciais clientes. Acontece que A Bola intitula-se de jornal, com um estatuto editorial.
    Da minha parte não há complexo de inferioridade. Nem estava a falar de futebol, apenas de jornalismo e alegados critérios editoriais. Que, diga-se, respeitam-se mas que não estão, longe disso, isentos de crítica.

  8. miguel dias says:

    A lágrima do canto do olho resulta de uma grande dor de cotovelo. Ortopedia, reumatologia, otoroniolalala, psico ou quê sei lá o que te diga, ó Freitas. Pergunta ao Adão que ele aconselha-te um especialista de confiança.

  9. miguel dias says:

    a questão (e sei que dói ó amigo Freitas, ó como dói) é que o melhor jornal português está por nossa conta e não por vossa. Vai mas é comentar OJOGO, pá!


  10. O melhor jornal português está por vossa (do Benfica) conta? Que bela noção de jornal, Miguel… Mas também não me apetece comentar em O Jogo.

  11. miguel dias says:

    O bom jornal é aquele que traz notícias que interessam à malta. O resto é paisagem.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.