Que horror filha, até vão fazer uma revolução em Marrocos

Está a correr bem. No Egipto a tropa avisa educadamente que “os protestos neste momento delicado conduzem a resultados negativos”, perante “greves nos caminhos-de-ferro, nos correios, no serviço de ambulâncias, em vários media, nas indústrias têxtil e do aço…”.

Os nossos irmãos do sul começam no domingo, com 50 000 polícias já metidos ao barulho, aliás já começaram:

sit-in Solidarité Egypte Rabat Maroc

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.