o saber das crianças e a psicanálise da sua sexualidade (IV – Bibliografia)

Beethoven Eroica Variations, op 35

Bibliografia:

Abraham, Karl, (1924 em alemão) 1929: A Short Study of the Development of the Libido Viewed in the Light of Mental Disorders, Selected Papers, Yale University Press.

Alegría, Ciro, 1963: El mundo es ancho y ajeno, Alianza Editorial, Madrid.

Allende, Isabel, 1982: La Casa de los Espíritus, Plaza e Janés, Barcelona.

Allende, Isabel, 2003: Mi País Inventado, Editora Sudamericana, Buenos Aires, México y Madrid.

Almeida, Ana Nunes de, 1993: A fábrica e a família: famílias operárias no Barreiro, Câmara Municipal do Barreiro.

Almedi, Salomão Jacob, 1515: Pitron Chalomot, fonte, texto central.

Ávila, Lazlo António, 1823: Doenças do corpo e doenças da alma, fonte, texto central.

Bakan, David, 1991: Sigmund Freud and the Jewish Mystical Tradition, Free Association Books, University of Chicago.

Barrios, Eduardo, 1967: Gran Señor y Rajadiablos, Editorial Nascimiento, Santiago do Chile.

Barnett Tylor,Sir Edward, 1871, Primitive Culture, Macmillan and Co, Londres.

Barnett Tylor, Sir Edward, (1881), 1889, Anthropology. An Introduction to the study of man and civilization editado por Macmillan &CO, Londres. Em língua lusa, 1982: Antropologia. Uma introdução ao estudo do homem e a sua civilização, Vozes, Petrópolis, Brasil.

Barnett Tylor, Sir Edward, (1865) 1864: Early History of Mankind and the Development of Civilization, John Murray, Londres, traduzido para a língua lusa como: Pesquisas sobre a história antiga da espécie humana e o desenvolvimento da civilização, 1982. Petrópolis.

Barroso, Cármen e Bruschinni, Cristina: “Sexualidade infantil e práticas repressivas”, em: Revista Pesquisa – Fundação Carlos Chagas, nº 31, Dezembro de 1979, São Paulo.

Bíblia (A) (500 antes da nossa Era-150 Nossa Era), Verbo, Lisboa.

Bion, Wilfred, (1961e após várias reedições, a que tenho comigo) 2000: Experience with groups, Routledge, Londres. Não há versão portuguesa nem castelhana.

Bloch, Marc, (1939-1940, Annales d’histoire économique et sociale, Paris), 1982 : La société féodale, Les Éditions Albin Michel, Paris. Traduzido para inglês, (1940) 1961: Feudal Society, Tr. L.A. Manyon, Two volumes, University of Chicago Press, Chicago.

Breuer, Joseph; Freud, Sigmund, 1895: Studien über Hysterie (“Estudos sobre a histeria”). Leipzig & Vienna, Franz Deuticke. Comentado em:  http://www.polybiblio.com/basane/5067.html

        Cervelatti, Cármen Sílvia: “A função do pai. Uma articulação possível”, em Carta de S. Paulo nº 22 – Abril – Maio /97, São Paulo.

Calvin, Jean, (1539, 1ª edição, 1559, edição corrigida) 1960: Institutes of the Christian Religion, dois volumes, The Westmninster Press, Philadelphia, USA e SCM Press, Ltd, London.

Catecismo da Igreja Católica, 1991, Editora Gráfica de Coimbra, Lda e Libraria Editrice Vaticanna, Cidade do Vaticano.

Código Civil Português, 2008, aprovado em 25 de Novembro de 1966, entrou em vigor a 1 de Junho de 1967, revogando o anterior Código Civil elaborado pelo Visconde de Seabra que entrara em vigor um século antes, em 1867. Actualizado em 2006 e em 2008, teve a sua mais recente reformulação, ao modificar o artigo 1901 sobre poder paternal, Ediforum Edições Jurídicas, Lda., Lisboa.

Cyrulnik, Boris, 1993 : Les Nourritures Affectives, Éditions Ódile Jacobs, Paris.

Cyrulnik, Boris, 2001: Les villaines petits canards, Éditions Ódile Jacobs, Paris, versão portuguesa, 2003: Resiliência, Piaget, Lisboa.

Cyrulnik, Boris, 2003 : Le murmure de fantômes, Éditions Ódile Jacobs, Paris. Versão lusa, 2003: O murmúrio dos fantasmas, Temas e debates.

Cyrulnik, Boris, 2004: Parler d’amour au bord du gouffre, Éditions Ódile Jacobs, Paris. Versão lusa, 2006: Falar de amor à beira do abismo, Martins Fontes, São Paulo.

Czerny, Josette, 2007: “Reseñas de libros”, em Rev. bras. psicanál. dic., Vol.41, nº 4.

Dafoe, Daniel, 1719: Robinson Crusoe, 1950, colecção para crianças, Editora Paidós.

deMauss, Lloyd, 1988: “The truth laid bare in… The History of Childhood”, em The Journal of Psychohistory, 16 (2) Fall, USA.

Devereux, Georges, 1961: Mohave Ethnopsychiatrie: The Psychic Disturbences onf an Indian Tribe, Smithionan Institution, Chicago.

Devereux, Georges, (1961, versão inglesa) 1996: Ethno-psychriatrie dês Indiens Mohaves, a Collection Les Empêcheurs de Penser En Rond, Universidade de Quebec.

Devereux, Georges, (1970) 1977 : Essais d’ethnographie générale, Gallimard, Paris. Original em inglês, 1979 : Basic Problems in Ethnopsychiatry,  colecção de ensaios de 1939 a 1965, University Press, Chicago.

Durkheim, Émile, 1897 : Le suicide. Étude de sociologie, Felix Alkan, Paris.

Durkheim, Émile, 1912 : Les Structures Élémentaires de la vie religieuse, Le système totémique en Australie, Félix Alkan, Paris.

Fernández Jiménez, Emiliano, 1996: Las alas de la Torá, Editorial Desclée de Brouwer, Bilioteca Catecumenal, Bilbao.

Freud, Sigmund, (1889): Livro dos Sonhos ou A interpretação dos Sonhos, Pensamento, Lisboa. Editado em 3 Volumes: Vol. I, 163 páginas, 1988, Vol. II, 170 páginas, 1988 e, Vol.III, 216 páginas, 1989.

Freud, Sigmund, (1896) 2007: Traumas infantis, tradução de Mário Quilici, apresentado por Alice Miller, na Internet. Original em Inglês: Further Remarks On The Neuropsychoses of Defense. Versão lusa, Obras completas de Sigmund Freud, Imago Editora, Rio de Janeiro.

 Freud, Sigmund, 1901: Monatsschrift fur Psychiatrie und Neurologie. Versão francesa, (1916) 1975: Psychopathologie de la vie quotidienne. Application de la psychanalyse à l’interprétation des actes de la vie quotidienne, Edições Payot, Paris. Versão luso brasileira, Psicopatologia da Vida Quotidiana, de FREUD, Editora Estúdios Cor, Brasil.

Freud, Sigmund, (1905) 1979: On Sexuality, Pelican Books, Londres.

Freud, Sigmund, 1909: Carta a Jung. Informação no texto central.

Freud, Sigmund, (1917) 1976: Os Caminhos da Formação dos Sintomas, vol. XVI, Conferência XXIII.

Freud, Sigmund, (1911, em alemão) 1919: Totem and Taboo. Resemblances between the psychic lives of savages and neurotics, George Routledge and Son, Londres.

Freud, Sigmund, (1912, em alemão) 1919: Totem and Taboo. Resemblances between the psychic lives of savages and neurotics, George Routledge & Sons, Limited, Londres.

Freud, Sigmund, (originais entre 1919 e 1922)1953: The Sexual Enlighment of the Children; Character and Anal Erection e Family Romances, Hoggart Press e Instituto de Psycho-Analysis, Londres

Originais, entre 1920 a 1936,

Volumes I-II & III e Volume XI, 1957: The Lies Told by Children;

Volume XII, 1958: On Transformation of Instincts as Exemplified in Anal Erection; Volume XIII, 1955: The Infantile Genital Organization; The Dissolution of Oedipus Complex; Some Phyaical Consequences of the Anatomical Distinction Amongst  the Sexes,

Volume IX, 1959: Contributions to the Psychology of Love;

Originais de 1919

 Volume XIX, 1961: Fetishism; Female Sexuality;

Volume XX, 1961: An sketch of his life and Ideas

Original de 1922

1962: The Short Account of Psychoanalysis, Pelican Books, Londres.

Freud, Sigmund, 1920: Jenseits des Lustprinzips; versão inglesa: Beyond the pleasure principle, standard, Hoggart Press, Londres. Versão francesa editada em 1968, Éditions Payot, Paris.

Freud, Sigmund, (1921) 1987: “Psicologia de grupo e análise do ego”, em Obras Completas, Vol. XVIII, Imago Editora, Rio de Janeiro.

Freud, Sigmund, (1891) 1922: Ensaios de Psicologia Colectiva, versão francesa (1896): Essais de psychanalyse appliquée, incluindo os seguintes textos: Le Moïse de Michel-Ange (1914); La psychanalyse et l’établissement des faits en matière judiciaire par une méthode diagnostique (1906) ; Des sens opposés dans les mots primitifs (1910) ; La création littéraire et le rêve éveillé (1908) ; Parallèles mythologiques à une représentation obsessionnelle plastique (1916) ; Le thème des trois coffrets (1913); Quelques types de caractère dégagés par la psychanalyse (1915-1916) ; Une difficulté de la psychanalyse (1917) ; Un souvenir d’enfance dans Fiction et Vérité de Goethe (1917); L’inquiétante étrangeté (Das Unheimliche) ; (1919)  e Une névrose démonique au XVIIe siècle (1923).

Freud, Sigmund, (1914) 1925: On narcissism: An Introduction, Vol. IV, Hogarth Press, Londres.

Freud, Sigmund, (1915) 1925: Instincts and their vicissitudes, The Hogarth Press, Londres.

Freud, Sigmund, (1905) 1953: Three essays on the theory of sexuality, Penguin, New Zealand.

Freud, Sigmund, (1923) 1955: The Infantile Genital Organization, Hoggart Press, Londres, versão luso brasileira, 1999: Organização Genital Infantil, Vol. XIX, Imago Editora, Rio de Janeiro.

Freud, Sigmund,Das Unbewusste”, em Internationale Zeitschr fur. Psychoanalyse .Versão luso brasileira, 1999: Psicologia médica e psicossomática, Vol. XIX, Imago Editora, Rio de Janeiro.

Freud, Sigmund, 1923: The Ego and the Id PublisherW. W. Norton & Company, Londres.

Freud, Sigmund, (1938) 1990: Moisés e a Religião Monoteísta, Guimarães Editores, Lisboa.

Freud, Sigmund, 1962: Além da alma, título original: Freud, secret passions, de John Huston.

Freud, Sigmund, 2003: A KABALÁ E A MORTE DE DEUS, conferência, publicada na Carta Mensal do Conselho Técnico da Confederação Nacional do Comércio – Edição Maio 2003 – Número578 – Volume 49.

Freud, Sigmund, Obras Completas, Hoggart Press, Londres.

Freud, Sigmund, 1999: Obras Completas, Imago Editora, Rio de Janeiro.

Garcia Estébanez, Emilio, 1992: ¿Es cristiano ser mujer? La condición servil de la mujer según la Biblia y la Iglesia, Siglo XXI Editores, Madrid.

García Márquez, Gabriel, 1967: Cien Años de Soledad, Editorial Sudamericana, Buenos Aires.

García Márquez, Gabriel, 1985: El Amor en los tiempos del cólera, Bruguera, Barcelona.

García Márquez, Gabriel, 1989: El General en su Laberinto, Mondadori, Madrid.

Giddens, Anthony, 1994: Beyond Left and Rifht, Polity Press, Cambridge.. Versão lusa Para além da esquerda e da direita, Celta Editores, Lisboa.

Giddens, Anthony, 1998: The Third Way. The renewal of Democracy, Polity Press, Cambridge.

Giddens, Anthony, 2000: The third way and its critics, Polity Press, Cambridge.

Girón Blanc, Luis Fernando, 1998: Textos escogidos del Talmud, Riopiedras, Barcelona.

Godelier, Maurice, 1981 : La productions de grandes hommes, Fayard, Paris.

Halbwachs, Maurice, 1947 : « La mémoire collective », em Annales de Sociologie. 1950 : La mémoire collective, Press Universitaire de France – PUF.

 Harmenszoon van Rijn, Rembrant, 1635: Sacrifício de Isaac, pintura óleo sobre tela, 193 × 133 cm, Museu Ermitage.

Herdt, Gilbert, (org.) 1982: Rituals of Manhood. Male initiation in Papua New Guinea, University of California Press e Berkeley, Los Angeles, Londres.

Herdt, Gilbert, (org) 1984: Ritualized homosexuality in Melanesia, University of Chicago Press e Berkeley, Los Angeles, Londres

Herdt, Gilbert, 1987: The Sambia. Ritual and Gender in New Guinea, Holt, Rinehart and Wiston, Chicago.

Hesíodo, c. finais do Século VII antes da nossa era.: Teogonia. Também conhecida por Genealogia dos Deuses, é um poema mitológico do autor citado. Os Trabalhos e os Dias. (em grego: Ἔργα καὶ Ἡμέραι, transl. Erga kaí Hemérai) também conhecido como As Obras e os Dias. Analisa e relata Mitos Gregos. Fonte, texto central.

Hipona, Agostinho, (398) 1937: The Confessions of St. Augustine, Thomas Nelson and Sons, Ltd, Londres e Edimburgo.

Hipona, Agostinho, (367) 1986: O livre arbítrio, Faculdade de Filosofia, Braga.

Hipona, Agostinho, (412) 1988: La Ciudad de Dios, Editorial Porrúa, México. Versão lusa, 1991: A cidade de Deus, Fundação Calouste Gulbenkian, 3 volumes.

Homero, c. Século VII: A Ilíada, Poema Épico que lhe é atribuído. Fonte, texto central.

Homero, c. Século VII: A Odisseia. Poema Épico que lhe é atribuído. Fonte, texto central.

           Horney, Karen 1946: Are You Considering Psychoanalysis? Norton, USA.

             Horney, Karen, 1939: New Ways in Psychoanalysis, Norton, USA.                                                

Hugo, Victor-Marie, 1862 : Les Misérables. Versão lusa: Os Miseráveis. Quer em francês quer em português existem várias edições e editores.

Iturra, Raúl, 1987 : « Stratégies de reproduction. Le droit canon et le mariage dans un village portugais, (1862- 1983)» em Droit et Société. Revue International de théorie de Droit et de Sociologie Juridique, Nº 5, 1987, CNRS, (Org.) Louis Assieur-Andrieu, Université de Lyon.

Iturra, Raúl, 1988: Antropologia Económica de la Galicia Rural, Xunta de Galiza, Galiza.

Iturra, Raúl, 1990: A construção social do insucesso escolar. Memória e Aprendizagem em Vila Ruiva, Escher, hoje Fim de Século, Lisboa.

Iturra, Raúl, 1998: Como era quando não era o que sou. O crescimento das crianças, Profedições, Porto.

Iturra, Raúl, 2000: O saber sexual das crianças. Desejo-te, porque te amo, Afrontamento, Porto.

Iturra, Raúl, “Mulher a crescer, Machismo a tremer. A Filiação da criança”, em A Página da Educação, Nº 94, Ano 9, Setembro de 2000, Profedições, Porto.

Iturra, Raúl, “Pai, estamos em guerra?” em A Página da Educação, Nº 106, ano 10, Outubro de 2001, Profedições, Porto.

Iturra, Raúl, “Pedófilos, serão apenas os romanos?”, em A Página da Educação, Nº 114, ano 11, Julho de 2002, Profedições, Porto.

Iturra, Raúl, “Marx, Durkheim e a teoria da infância”, em A Página da Educação, nº115, ano 11, Setembro de 2002, Profedições, Porto.

Iturra, Raúl, 2003: A economia deriva da religião. Ensaio de Antropologia do Económico, Afrontamento, Porto.

Iturra, Raúl, “Lembranças de mãe”, em A Página da Educação, Ano 12, Nº 123, Maio de 2003, Profedições, Porto.

Iturra, Raúl, 2004: “A religião é a lógica da cultura”, publicado no livro intitulado Em Nome de Deus. A religião na sociedade contemporânea, coordenado por Donizete Rodrigues, Afrontamento, Porto.

Iturra, Raúl, (1997) 2007: O imaginário das crianças. Os silêncios da cultura oral, Fim de Século, Lisboa.

Iturra, Raúl, 2008: Mis Camélias. Recuerdos de padres interessados, editado em formato  e-book, por Monografias.com.

Iturra, Raúl, 2008: A ilusão de sermos pais, editados em formato e-book, por Monografias.com.

Iturra, Raúl e Iturra, Blanca, 2008: Yo, Maria de Botalcura. Ensaio de Etnopsicologia da Infância, Universidade Autónoma do Chile, antigo Instituto del Valle Central, Talca, Chile.

            Jones, Alfred Ernest, 1925: Mother Right and the Sexual Ignorance of Savage, em International Journal of Psycho­ Analysis, vol. VI, 2ª parte.

Klein, Melanie, 1937: Die psychoanalyse dês kindes; versão francesa, La psychanalyse des enfants, PUF, Paris; versão lusa, 1997: A psicanálise das crianças, Imago Editora, Rio de Janeiro.

 Klein, Melanie, 1957: Envy and Gratitude. A Study of Unconscious Sources, Basic Books, Inc. New York; versão luso brasileira, 1985: Inveja e Gratidão. Estudos das fontes do inconsciente, Imago Editora, Rio de Janeiro.

Kury, Mário da Gama, 1990: Dicionário de Mitologia  Grega e Romana, Jorge Zahar Editor Ltda., Rio de Janeiro.

Lampedusa, Tomasi Giusepe di, 1956: Il Gatopardo, versão lusa brasileira, 1958: O Leopardo, Círculo do Livro, São Paulo; versão em castelhano, 1958: El Gatopardo, La esfera de los libros. Madrid.

Lévi-Strauss, Claude, 1952: Race et Histoire, Unesco, Paris, versão lusa, 1980: Raça e História, Editorial Presença, Lisboa.

Lévi-Strauss, Claude, 1955: Tristes Tropiques, Librairie Plon, Paris, versão lusa, 1979: Tristes Trópicos, Edições 70, São Paulo e Lisboa.

Lévi-Strauss, Claude, 1962: La pensée sauvage, Librairie Plon, Paris, versão lusa brasileira, 1976: O pensamento selvagem, Editora Companhia Nacional, São Paulo, Brasil. Há versão castelhana, 1964: El pensamiento salvaje, Fondo de Cultura Económica, México

Luther, Martin, (1529) 1986: Small Catechism with Explanations, Concordia Publishing House.

Luther, Martin, (1520) s/d: A Liberdade de um Cristão. Prefácio à Bíblia Traduzida por Lutero

Luther, Martin, (1517-1539) 1989: Martin Luther’s Basic Thelogical Writings, Editado por Timothy Lull, Fortress Press, Minneapolis.

Malinowki, Bronislaw, 1927: Sex and repression in savage society, Routledge and Kegan Paul, Ltd, Londres, versão luso brasileira, 1973: Sexo e repressão na sociedade selvagem, Editora Vozes, Petrópolis.

Malinowski, Bronislaw, 1929: The sexual life of savages in North Western Melanésia, Routledge and Kegan Paul, Londres, versão luso-brasileira, 1983: A vida sexual dos selvagens do noroeste da Melanésia, Editora Vozes, Petrópolis.

Mauss, Marcel, 1923-24: Essai sur le don: forme et raison de l´échange  dans les sociétés archaïques, em L’Année Sociologique; 1950: L’Essai sur le don, Presses Universitaires de France; versão lusa, (1988) 2001: Ensaio sobre a Dádiva, Edições 70, Lisboa, ambas as edições, com introdução de Claude Lévi-Strauss, pessoalmente recomendo a editada no ano de 2001.

Mauss, Marcel, 1967: Manuel d’ethnographie, Payot, Paris; versão lusa, 1993: Manual de Etnografia, Edições Dom Quixote, Lisboa.

Marx, Karl, 1843: Zur Kritik der Hegelschen Rechtsphilosophie, Klassiker des Marxismus-Leninismus Crítica à Teoria do Direito de Hegel, Clarendon Press, Oxford.

Marx, Karl, 1846: A Ideologia Alemã, Clarendon Press, Oxford.

Marx, Karl, Engels, Friedrich, 1848: Manifesto comunista, Clarendon Press, Oxford.

Marx, Karl, (1857-1858) 1940 (publicação póstuma): Grudrisse, Clarendon Press, Oxford.

Miller, Alice: (1988 Frankfurt und Main) 1990: The Untouched Key. Tracing Childhood Trauma in Creativity and Destructiveness, Virago Press, Londres; versão Castelhana, 1991: La llave perdida, Tusquets, Barcelona.

Miller, Alice, (1979) 1983: The drama of the gifted child, Virago Press, Londres, versão castelhana,  El drama del niño dotado, y la búsqueda del verdadero yo, Tusquets, Barcelona.

Miller, Alice, (1981 Suhrkamp Verlag, Frankfurt und Main) (1985,1ª) 1995: Pictures of a childhood, Virago Press, Londres.

 Miller, Alice, (1981, Frankfurt und Main) 1998: Thou shalt not be aware. Society’s betrayal of the child, Pluto Press, Londres.

Miller, Alice, 1981: Prisoners of Childhood, Basic Books, New York; 1981: The Drama of the Gifted Child, livro corrigido e aumentado, Basic Books, New York; versão castelhana, 1990: El saber proscrito, Tusquets, Barcelona.

Miller, Alice, (1980, Frankfurt und Main) 1990: For Your Own Good: Hidden Cruelty in Child-Rearing and the Roots of Violence, Far-rar/Straus/Giroux, New York; 1983: Virago Press, Londres.

Miller, Alice, (1979, Frankfurt und Main) 1991: The Drama of Being a Child, Virago Press, Londres.

Miller, Alice, (1998, alemão) 2005: Paths of Life, Pantheon Books, New York.

Moisés, 1250 antes da nossa Era: Êxodo, um dos cinco primeiros livros da Bíblia, comum para todas as confissões cristãs, denominado Pentateuco.

Nathan, Tobie, 1961 : Devereux, en hébreu anarchiste, prólogo ao livro de Georges  Devereux de 1961: Ethno-psychriatrie dês Indiens Mohaves, a Collection Les Empêcheurs de Penser En Rond, Universidade de Quebec.

Platão, C. 361: Fedro; versão lusa, (2006) 2009, Fundação Calouste Gulbenkian.

Platão, C. 386: A República, fonte no texto central; versão lusa, (1989) 1990, 6ª Edição, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.

Platão, C.390: O Simpósio é um texto de diálogo de Platão.

Platão, C. 399: O Banquete, fonte e comentários, no texto central; versão lusa, 2005-2006, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Ribeiro de Santi, Pedro Luís, 2005: A construção do Eu na modernidade, Editora Holos, São Paulo

Ritvo, Lucille, 2008: A Influência de Darwin sobre Freud, Imago Editora, Rio de Janeiro.

Rush, Florence, 1980: The best kept secret: sexual abuse of children, Prentice Hall.

Sira, Bem Jesus, foi o autor do livro mãe dos deveres canónicos denominado Sorach. Texto apócrifo dos primeiros anos da nossa era, assinado, no entanto, pelo autor, Jesus Bem Sira, derradeiro livro da Bíblia Judaica, usada pelos cristãos, hebreus e muçulmanos. O texto é denominado Sabedoria de Jesus, filho de Sira. 

Smith, Adam, (1776) 1874:  An inquiry into the nature and causes of the wealth of Nations, Routledge and Kegan, Edimburgo e Londres; versão lusa, 1983: A riqueza das nações, 3 volumes, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.

Talmude, c. 5000, antes da nossa era, é um registo das discussões rabínicas que pertencem à lei, ética, costumes e história do judaísmo. Mishná ou Mixná, c. 200 da nossa era, primeiro compêndio escrito da Lei Oral judaica, e o Guemará, c. 500 da nossa era. A discussão do Mixná e dos escritos tanaíticos que frequentemente abordam outros tópicos é amplamente exposta no Tanak.

Van Gennep, Arnold, (1909 Editora de Émile Nourry) 1981: Les rites de pasage, Editora Picard, Paris.

Verne,  Júlio, 1866, Veinte mil leguas de viaje submarino, vária edições.

Weber, Max, (1892) 1986 : «Enquête sur la situation des Ouvriers Agricoles a L’Est de L’Elbe. Conclusions Prospectives», em Actes de la Recherche en Sciences Sociales, nº 65, Novembro de 1986, manuscrito de Weber publicado pelo director, fundador e director de la Revista citada, Pierre Bourdieu. O original foi publicado em 1892 pela primeira vez em : Schreiftent des Vereins für Socialpolitiken, tomo 55, Leipzig, Duncker und Humblot e reeditado em 1964 no texto de compilação de escritos de Max Weber por Eduard Baumgarten: Max Weber,  Werk und Person  em: BAUMGARTEN, EDUARD. Max Weber Werk und Person.
Tubingen: Mohr, 1964. 720 p. Mit Zeittafel und 20 Bildtafeln

Weber, Max, (1904-1905 no Archiv für Sozialwissenschaft un Sozialpolitik, vols XX e XXI) traduzido por Taurus Edições, Madrid, em 1998. Este texto é um de vários ensaios de Weber, do projecto de pesquisa Gessamelte Aufsäschze zur Religionziologie, do qual resultou o mais famoso ensaio de Weber: A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, publicado pela primeira vez nos Arquivos citados mais tarde em inglês como Die Protestantische Ethik und Der Gèist Der Kapitalismus, obra original ou The Protestant Ethic and the Spirit of Capitalism, 1930, por George Allen & Unwin e 1976, com introdução de Anthony Giddens; 1983: A ética protestante e o espírito do capitalismo, Editorial Presença, Lisboa, tradução de António Firminio da Costa; em 1998: A ética protestante e o espíritu del capitalismo, Taurus, Madrid, foi editada em castelhano.

Trackbacks


  1. […] original post here: o saber das crianças e a psicanálise da sua sexualidade (IV … « DOM LUIZ BERGONZINI: As mentiras do Relatório Kinsey sobre sexualidade Encontros […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: