A crise também tem coisas boas

Cartazes eleições legislativas 2009Por exemplo, ao que parece, este ano não vamos ver as nossas cidades inundadas de lixo como este. Em 2009, os gastos da campanha eleitoral  (que decorreu durante o então claro rumo à banca rota) custou ao país:

  • PS: 5,54 milhões de euros
  • PSD: 3,34 milhões de euros
  • PCP: 1,995 milhões de euros
  • BE: 993,8 mil euros
  • CDS-PP: 850 mil euros

    Fonte (inclui estimativas para 2011)

Frustração, por outro lado, para as gráficas, que perdem assim uma oportunidade adicional de muito boa facturação. É a vida…

Comments


  1. Realmente a estética urbana interessa. Mas ninguém se lembra quando a moda de não colocar cartazes que começou com Cavaco Silva originou desemprego nas gráficas e afins.
    Mas não poupam nas jantaradas para arrigementar o povo, porque é pelo “estômago” que se conquista do voto.

    Para serem realmente coerentes que tal abdicaram também dos jantares convívio e tudo que custe dinheiro.

    • jorge fliscorno says:

      Parece-me insólito defender a existência de tais campanhas eleitorais para justificar o serviço das gráficas e afins.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.