Uma Maioria, um Governo, um Presidente!

Quando se vota no BE ou no PC, o resultado é o do “bom governo de Portugal”. Já imaginaram?

Comments

  1. isto, além de nojento, é básico!..

  2. isto,além de nojento, é básico!

  3. Nuno Castelo-Branco says:

    Já imaginei também, tudo continuar na mesma maluqueira. Será preferível?

  4. Até parece que o PS nunca governou à direita, para andar a meter medo com a direita.
    Só cai nessa quem quer.
    devemos é votar à esquerda.

    • Tenha paciência, não é assim. O BE e o PCP são partidos de oposição pela oposição e portanto prometem tudo sem justificarem de onde vem o dinheiro ou como é q as coisas se fazem e um país se governa. Assim é muito fácil “governar”, há sempre um poço sem fundo… De resto, para azar do país, quando nos idos de 1974-75 tiveram responsabilidades governativas, foi o que se viu. Destruiram toda a economia: reforma agrária (onde tantos “comunistas” se encheram!), nacionalização da banca, da indústria… uma desgraça. Pena o BE (na altura UDP e LCI) não guardar memória das cenas de pugilato entre trotskistas e estalinistas pelas ruas de Lisboa e, nos intervalos, quando a coisa amainava, aproveitarem para, por exemplo, deitarem fogo à embaixada de Espanha. Essa cena foi tão grave q o país esteve com tanques espanhóis estacionadas a poucos quilómetros de Elvas prontos para invadirem o país. Nem a Louçã nem a Jerónimo interessa falar disso. Aliás a política de ambos é a de sempre pescarem nas águas do confronto e da agitação social. Não sabem fazer rigorosamente mais nada. Nem querem. E, para atingirem o q consideram um objectivo político, não hesitam em se prestarem à triste figura, para quem se afirma sempre “tão de esquerda”, de serem as muletas da direita. Foi o q aconteceu com o chumbo do PEC IV. Estavam preocupados com o bem estar dos portugueses? Qual quê! Queriam era lançar o país no caos, obrigarem à vinda do FMI e espatifarem eleitoralmento o PS. De resto o PS é, para BE e PC, o inimigo principal. Desengane-se pois se pensa votar à esquerda votando no BE e no PCP. Indirectamente está a votar na direita mais retrógrada e reaccionária dos últimos 37 anos de democracia. Vote como quiser, mas não se iluda no sentido do seu voto!

      • Paulo Mendes says:

        Não seria preferível assinar os seus posts: o caceteiro de serviço para os affaires de contra-propaganda eleitoral de esquerda. Compreendo a sua função, tentar minimizar a deserção à esquerda no partido que representa e, por tradição, maldizer e escarnecer.
        Nem vale a pena dar-se ao trabalho, o seu patrão destruiu qualquer hipótese de lhe voltar a dar da gamela que bem o tem, com certeza, engordado, ou estaremos perante um recém-recruta que tenta demonstrar trabalho? Não me parece, deve tratar-se de um experiente caceteiro com funções bem determinadas-
        Os seus posts são estéreis e a sua conversa fútil e desonesta.
        Resigne-se, isto havia de ter um fim, só lamento ser tão tarde!

  5. Desculpa lá, mas onde eu vivo votar BE ou CDU é tirar mandatos ao PSD. Não generalizes demais, senão cais em asneira…

    • Vais ver na segunda-feira ao acordares… Passos, Cavaco, Nobre, Relvas, Marco António, Portas, Bagão Félix, Nogueira Leite, Leite Campos, até o Alberto João de charuto na mão irá dar vivas à cristina. É isto que, com o teu voto no BE e no PCP, irás ajudar a eleger. O BE e o PCP são objectivamente as muletas da direita. Não te pesa na consciência?

  6. ibmartins says:

    Não votar PS é eleger um governo que admite voltar a referendar a lei do aborto, que advoga o despedimento sem justa causa, que considera que os desempregados devem trabalhar gratuitamente em instituições de apoio social e verem descontado esse tempo na reforma, … enfim, mas como estão todos tão convencidos do vosso voto “à esquerda” eu em vez de estar aqui a escrever devia era ir montar uma associaçãozita, parece que “voluntários” não vão faltar…

    • É. O ódio do BE e do PC a Sócrates e ao PS cega-os. É a “esquerda” q temos: colaboracionista. Aliás, já antes do 25 de Abril, quando havia um gajo “incómodo” para a linha política destes cavalheiros, denunciavam-no à PIDE. Esta rapaziada, por cá, é muito, mas mesmo muito de “esquerda”. Em italiano, “sinistra”. É assim.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.