Então não era defender o Estado social?

«choque liberal» diz Amado

-Começam a aparecer vozes no PS, discordando do caminho até aqui seguido. Não será obviamente Luís Amado quem irá suceder a José Sócrates, a disputa em directas ficará para Francisco Assis e António José Seguro, tenho dúvidas que António Costa avance. Para já, quem quer que venha a ser o líder, ficará comprometido com parte do programa do governo até 2013, pela assinatura do memorando da troika. A partir daí sim, poderemos contar com um PS nas ruas, liderando a oposição. Ninguém compreenderia agora que o PS fizesse oposição ao texto que ele próprio assinou, facto que será aproveitado até à exaustão pelo novo governo.

 

 

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.