Quem Protesta Quer Cacete

A leitura das cacetadas de ontem será obrigatoriamente dúbia. Nem mesmo os bloggers que se prestam às leituras hiperbólicas do tipo «está aí a repressão do passado» se atrevem a avançar culpados ou inocentes definitivos. Ainda não se interrogaram se não é precisamente dando azo à testosterona e partindo para cima que as Polícias ao mesmo tempo que trabalham, também protestam e também se divertem. Para quem vai e vem pachorrentamente para o seu trabalho a fim de receber a sua gorjeta salarial, não há cacetadas, senão a grande cacetada de perder sempre. Já certos jovens gordinhos, cheios de padrinhos políticos e de outros padrinhos de ócio, esses que são de Esquerda só por ser chique, sim, querem cacete.

Comments


  1. Reles, palavrossaurus. Este texto está reles! Tb posso dizer que um queque de direita que defende menos direitos para os trabalhadores, só porque é moda, também está a pedir cacete…

  2. jorge fliscorno says:

    «esses que são de Esquerda só por ser chique»
    Nem mais. Que os há, há.

  3. Ivo da Silva says:

    Quem quer cacete é a puta da tua mãe e sei bem onde o quere

  4. palavrossavrvs says:

    O meu post não diz que todos o que protestam querem cacete. Com Ghandi, com o Dalai Lama, os que protestaram não queriam cacete. Com Nelson Mandela também não. Mas há uns Esquerdas e uns Direitolas [que não passam fome nem trazem putos com ranho e com aquela falta de algum tipo de nutriente para variar do pão, bolachas e tostas] que se convenceram de estarem a lutar se criarem confusão e fizerem que outros apanhem em vez deles.

    Assim faziam os oficiais do passado, enquanto a relé ia enfiar-se nas baionetas do inimigo.

  5. maria celeste d'oliveira ramos says:

    Cacete policial para quem não conhece uma das formas de fazer pão

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.