Não se Pode Denegrir Menezes

Por alguma razão o meu presidente de Câmara, Luís Filipe Menezes, pode andar de cabeça erguida. Por mais que se insista na ideia peregrina de ser o município de Gaia o segundo mais endividado do País, 255 milhões de euros, a verdade é esta: trata-se de uma Câmara com receitas importantes, com liquidez, e sobretudo com o agrado geral e hegemónico da população. Calem-se, portanto, os chulos agregados ao Grande Saque Estéril Socratinesco. Muito diferente disso é isto, irrefutável: o PS da Parque Escolar, o PS das mais recentes e assassinas PPP deve ser responsabilizado e criminalizado porque não é de outra coisa que se trata. Os que cometem crimes, crimes contra os Portugueses, o seu presente e o seu futuro, e ainda lucram pessoalmente com esses crimes, têm de ser processados e julgados.

Comments

  1. Orlando Teixeira says:

    Portanto deve o governo custear 3 maternidades em Lisboa, duas delas a funcionar abaixo de 50% da capacidade (ou seja a fazer menos que uma), ambas melhor equipadas que a MAC, e com falta de pessoal especializado? Vai pagar do seu bolso? Posso-lhe mandar a minha parte? E já agora, em que contribui a MAC, isoladamente, para o resto do POST? E o encerrameno, em que é que contribui? Qual vai ser, como insinua no seu post, o acréscimo de mortalidade infantil resultante do encerramento da MAC, com a distribuição das parturientes por duas unidades melhor equipadas?

  2. palavrossavrvs says:

    Creio que se precipitou e errou o post. Acontece aos melhores.

  3. Luís says:

    “trata-se de uma Câmara com receitas importantes, com liquidez” – seja mais específico p. f. acerca das “receitas importantes” e da “liquidez”, pois se for à custa dos contribuintes … estamos conversados.
    “sobretudo com o agrado geral e hegemónico da população” – se a população não tem de pagar a “obra feita” é natural que estejam satisfeitos, tal como os madeirenses do AJJ… até há pouco.

    Este post é o costume – PS vs PSD/CDS, Benfica vs Sporting ou seja, a “futebolização” da política no seu melhor!

  4. maria celeste ramos says:

    Mas que raio de ideias andam a germinar em certas cabecinhas economicistas – telvez esteja contente com o fecho de postos médicos e escolas no interir do país e nem sei quantos milhatres pelo que fecah a MAC não será mais uma bojardada – desde quando fechar é poupar ? como se o conforto e feliciidade dos cidadãos não interessasse para nada e sem gente no intterior quem faz agricultura – sem gente ningué come o que pos velhpos produziam – estas senhore universitários têm cifrões nos olhose querem pagar as dividas dos governantes mas se calhar nada lhe calha pagar e como couves transgénias e esquece os melhores produtos do campo enque4mto não arder o resto porque sem aldeias vco gente ninguém guarda a natureza – poupar o quê – com a junção de fregeusias ?? na ciadde tanto me faz que haja uma ou mil freguesias – no interior e a ida do país – a raíz – o núcleo gerador e a fização das populaç~ºoes a quem tirara tudo repito a escola – o centro médico, sem saneamento básico ainda – e cvo a EDP a maior ladrona do país de mão dada com a galp – aí ninguém se queixa – os urbanos de facto assustam-me – estes contabilistas urbanos – pois os campos abandonados para fazer em cada cidade mis uma “quinda da fonte” onde o cri8me é que manda – nem cabras sabem pastar – nemsabem o que é uma cabra – devia ser proibido dizer tanta aleivosidade – voltar à 4ª classe

  5. palavrossavrvs says:

    Não me apetece ser específico.

  6. palavrossavrvs says:

    #3
    Não me apetece ser específico. Vá ver.

  7. palavrossavrvs says:

    #3
    Não há partido que se tome aqui. Não é ‘futebol’ fazer a destrinça entre irrepreensíveis e corruptos.

  8. Cícero Catilinária says:

    Explique-me lá, devagar, devagarinho, como é que uma câmara com “receitas importantes e sobretudo com liquidez”, tem uma dívida de 263 milhões de Euros, sem contar com os cerca de 100 milhões de custo de obras em curso ou em projecto. É que se for ver qual era a dívida de Gaia quando Meneses para lá entrou, ou até mesmo há 5, 6 anos atrás, ela era muito, mas muito menor. Portanto… … liquidez? Questão de fé, talvez.

  9. palavrossavrvs says:

    #7
    Não vou fazer de Gaspar: vá ver o quanto Gaia ganhou e o quanto movimenta no plano turístico em toda a orla de mar e de rio.

  10. palavrossavrvs says:

    #7
    Se for ver, verá que Gaia tem um movimento turístico anual por demais relevante e em crescendo.

  11. Konigvs says:

    Curiosamente ainda há pouco li que a 2a Câmara mais endividada do país é Gondomar logo a seguir a Aveiro. Isto deve depende certamente de qual órgão de comunicação social consultarmos. Mas eu aposto que o Major consegue mais rapidamente o primeiro lugar, e sem precisar de andar a gastar milhões num centro de estágios para um clube de outra cidade usar. O Major tem outra arte a desbaratar património público que depois por coincidência se torna pertença da família Loureiro.

  12. >>Se for ver, verá que Gaia tem um movimento turístico anual por demais relevante e em crescendo.
    dá para ser um pouquinho mais especifico e apresentar alguns indicadores que provem isso? só mesmo para ficar a saber, é que realmente o que conheço é mesmo só a dívida e a capacidade indesmentivel de obter fundos europeus para as suas obras (coisa que o porto de rui rio parece desconhecer)

  13. Cícero Catilinária says:

    Sim, mas e a dívida cada vez maior? Olhe lá, se eu ganhar mensalmente 50.000 € como gestor de uma empresa e ela apresentar prejuízos elevados todos os meses, pode-se dizer que eu sou um bom gestor só por ter um grande ordenado? Ou é preciso ser um “Gaspar” para concluir que não? Também a Madeira “ganhou” muito e “movimentou” muito no plano turístico e depois? Foi bem gerida e governada? Lá que o Sr. admire e goste muito do Meneses, admite-se, e que lhe faça bom proveito, agora dizer que aquela câmara tem sido bem gerida no plano financeiro, tá bem abelha. Se o próximo presidente de Gaia não for o filhinho do papá, aí vamos ver o que é que ele vai dizer acerca da gestão modelo meneziana lá na câmara. Se vier a ser o filhinho, bom, aí a desbunda vai continuar e quem vier, um dia, atrás que tape o buraco.

  14. palavrossavrvs says:

    #11 e #12
    Gosto de Menezes. Hábil, excelente decisor, rápido e eficaz, rodeia-se dos melhores ainda que possam não ser os mais fiéis porque a competência conta mais que a fidelidade. Não me parece que a dívida de Gaia faça notícia. Por boas razões.

  15. patriotaeliberal says:

    Menezes ao poder!

  16. “Rodeia-se dos melhores”: Não sabia que a família (alargada) era toda tão brilhante como ele…

  17. Dívidas e mais dívidas que os cidadãos (eu incluído) de Vila Nova de Gaia pagam e continuarão a pagar (mesmo depois do senhor Meneses ter saído da câmara…) através das várias (elevadas) taxas dos diferentes serviços prestados pela edilidade. Extrato de uma notícia de Julho de 2011 “Na sessão de anteontem da Assembleia Municipal foram apreciadas as contas consolidadas do Município, e ficou claro que a dívida em 31 de Dezembro de 2010 era afinal de 318,9 milhões de euros, 57,3 milhões mais elevada do que o que constava na Conta de Gerência, pois não estavam nela incluídas as dívidas das Empresas Municipais.” Eu também faço obra( e festas) com o dinheiro dos outros…pena é que em Vila Nova de Gaia haja das mais elevadas taxas de desemprego, mau urbanismo (prédios e mais prédios sem grande planeamento urbanístico), áreas do interior do concelho puramente ignoradas (falta de saneamento, sistema de tratamento de águas residuais, falta de transportes,…). Vila Nova de Gaia não é só a frente mar e o Cais de Gaia ( que ao contrário do que muita gente pensa foi a APDL que pagou e elaborou a obra). Para praticar desporto as associações/clubes desportivos têm de pagar o aluguer dos equipamentos municipais (e bem caro)…em Matosinhos isso não acontece…enfim…sem falar no despesismo das empresas municipais (Gaiurb, Gaianima…)

  18. palavrossavrvs says:

    #16
    Mas alguma vez se noticiou estar Gaia e estarem os gaienses com a corda no pescoço? NUNCA. Logo, aparentemente, não deve ser um problema nem um escândalo insolúvel. Se for, avisem-me que vou para lá com um cartaz, juntando-me aos indignados.

  19. Luís says:

    # 3 e etc…
    Já que a sua arrogância , ou a ignorância do falar de cor, não me deu a especificidade das questões que lhe pus, segui o seu conselho, informei-me e não tenho conhecimento de que o Luís Filipe Menezes tenha decoberto petróleo em Gaia.
    Quanto às receitas do turismo acho que só pode estar a gozar com os leitores do Aventar.

    Um post típico de taliban de “os meus são melhores que os teus pois roubaram menos”.

  20. palavrossavrvs says:

    #18
    Luís, não sou nem quero ser um especialista em Menezes. Convido-o, aliás, a desenvolver em comentário a sua meneziologia depreciativa conforme quiser. Não pairam sobre ele casos nem indícios de corrupção grosseira, nem venalidade, nada.

    E, sim, tirando o BPN, que foi uma forma de roubar bem sucedida por alguns PSD, matéria horrenda que ainda hoje, e muito bem, o Jorge Fiel explana no JN, Governar nos últimos seis-sete anos foi uma forma ainda mais bem sucedida de alguns PS roubarem despudoradamente Portugal.

    Não faço, se é que me lê ou vem lendo, distinção entre casos, mas faço comparações de escala.

    Acho piada que me intime a escrever explicativa e adicionalmente seja o que for, assim ou assado, se me assiste o direito de opinar como achar melhor e procurar, no mínimo, ser o mais aforístico possível por respeito ao leitor.

Trackbacks

  1. […] pontes da outra margem Posted on 17/04/2012 by João Paulo Claro que não! Então com ideias destas, quem ia fazer tal […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.