Bochechas de Abril

Sim, sim, muito obrigado, capitães de Abril, boa viagem, mas os vossos disparates e afastamento da realidade já cansam. Evidentemente que os ideais de Abril foram para o caixote do lixo, mas não é propriamente o Governo Passos o derradeiro agente de essa degradação e rasura aprilina. Coveiros há muitos. Desde logo a incompetência e sofreguidão em quinze anos de socialismo bancarrotista, passando pela fantástica tradução comunista-esclavagista da República Popular da China com o seu capitalismo extremo, a ditar cartas neste século XXI, algo a que não se pode fugir num País repleto de automóveis de luxo e quase nenhuma produtividade. Para além de engordarem como chinos, de se transformarem em admiráveis bígamos, onde estavam os capitães de Abril enquanto ainda há pouco o supremo reles político desgovernava, roubando Portugal?! A coçar a puta da micose e, mais recentemente, a ladrar revoluções, depois de casa arrombada, where else! Não há dinheiro, não há cabrões.

Comments

  1. Tito Lívio Santos Mota says:

    as tolices que uma pessoa tem que ler !

  2. José Luís Graça says:

    De desabafos de café, depois de umas cervejolas estamos nós fartos. Esta foi a primeira opinião que me ocorreu depois de o ler. A segunda, para descer ao seu nível, é a seguinte: se desse a cara, para não falar de outra coisa, que apenas seria o seu nome, talvez o levasse mais a sério


  3. É fácil lembrar os dois últimos anos de bluff financeiro do governo PS e esquecer as décadas de Cavaco onde o dinheiro escorria pelas telhas e era investido em cimento em alcatrão. É ainda mais fácil usar a China para escorraçar a esquerda, ainda que seja a neo-AD que lhes vende agora ao desbarato anéis, dedos…

    E o BPN, quanto é que já sugou dos meus e dos seus impostos? Quem lucrou com ele? Foi a “esquerda”? Será que o pedido de ajuda foi condicionado por este buraco sem fundo (e o da Madeira, será que também não contou?). Reconhecer estes dois abismos obriga a beber muita laranjada.

    A única forma de crítica que achou, àqueles que derrubaram a ditadura, foi apontar-lhes falhas pessoais, de moral ou de carácter? Deve ser Jesus Cristo reencarnado ou um outro homem santo sem falhas. As construções da democracia serão sempre um motivo de orgulho em Portugal e pô-las em causa ou destruí-las vai ser um erro histórico.

    Roubar Portugal? Roubaram-lhe decerto foi os óculos porque essa miopia política pode ter cura é só deixar de acreditar nas cantigas demagogas de quem pensa por si. NINGUÉM É INOCENTE.

  4. Pisca says:

    A isto só se pode responder

    – Oh palhaço por causa dos tais capitães é que podes vomitar e escrever o vomito como acabas de fazer, por enquanto é claro, quando não andavas a falar do Futebol Clube de Vila nova do Assobio e era um pau !

    Entendeste minha besta


  5. Parece que o dito autor tem uma doença, comum nestes dias, para quem não consegue explicar o horror que é governar “à direita e com ela”, que se manifesta por um comportamento obcessivo-compulsivo ao culpar os horrores do saque lusitano ao antepassado cronologicamente mais próximo. Caro amigo, o país está a ser governado (saqueado?) há cerca de um ano por um novo e mentiroso governo, que tem feito os mesmos, e talvez com mais fanatismo, erros. Convém lembar ao amigo, que o contexto histórico importa e o momento actual (ou relativamente recente, digamos algumas legislaturas atrás) não é um “espasmo espaço-temporal”. Como li, mesmo há pouquinho, se o governo de Sócrates aumentou o défice em 50%, antes dele houveram os reponsáveis pelos outros 50%. Agora acorde para vida e seja, minimamente, não peço mais, intelectualmente honesto.

  6. António says:

    Francamente! Mais do que as baboseiras dos velhotes, o que mais enoja é a desculpabilização do actual executivo e o rumo a que “irremediavelmente” nos condena.
    Já paravam de se desculpar com os anteriores Gatunos, que (olha a coincidência!) em nada diferem dos actuais.
    Afunda, que a culpa é do Sócrates! – Diz a laranja infesta.

  7. Maria says:

    Que grande palhaçada!!! nem quero crer no que li.

    Só para reforçar: foi por ter existido o 25 de abril que pode ser tão injusto e desonesto.

    Está com problemas por causa dos números recentemente divulgados? só pode.

    A situação financeira “melhorou” muito em relação ao trimestre homólogo, não foi?

    Veja se engole esse fel todo…

  8. Bruno Leal says:

    As m****s que este gajo escreve…

  9. palavrossavrvs says:

    LOL, Camaradas. A vossa tolerância e capacidade de encaixe é verdadeiramente democrática. Não tenho o dom do vosso pensamento único.

  10. palavrossavrvs says:

    Percebe-se que assassinariam Bocage, se o vissem, e Gil Vicente, se dessem de caras com ele. Nunca compreenderei esse formato do ‘nível’ senão como outra forma de repressão.

  11. Santos.se says:

    Na na verdade são trinta e oito anos de ladrões e corruptos instalados na santa loja da maçonaria em que transformou o parlamento.

  12. palavrossavrvs says:

    #11
    Não poderia estar mais de acordo e eis, enfim, para que tem servido Abril. A Imoralidade.

  13. maria celeste ramos says:

    Que culpa tem o 25 abril e a bemvinda democracia de tanto disparate que se tem a “libertinagem” de escrever ??? Que culpa tem a democracia de quem a não sabe aproveitar e valorizar (e sentir na sua mais profunda dimensão) para ao menos ter outro “linguajar” ?? Quem dos tão eloquentes e palavrosos, era adulto em 1974 ?? e viveu antes e como ??? Que culpa tem a democracia que haja corruptos e ladrões e inúteis e ignorantes ?? Que culpa tem o céu de ter nuvens e neblinas ?? Que culpa tem o rinoceronte de ser caçado “real”-mente ?? ou foi elefante ?? Que culpa tem o 25 abril de quem não o entende mais do que isto que escreve ?? Que culpa tem a água de haver quem a suje e inutilize ?? Quem toma a liberdade pela libertinagem está ainda em 23 de abril e o pior é nem querer saber – hoje vi um programa na SIC sobre o comportamento, de há poucos anos até agora, de meninos de “liceu” contado por colegas e professores – e o seu insucesso escolar – um deles que não quiz dar a cara, foi tão verdadeiro e contou também como era o ambiente escolar em geral, e não acusou exclusivamente a escola e professores, do mesmo modo que uma professora, que deu a cára, relatou – este senhor que escreve assim “não andou em escola nenhuma” e se andou agarrou a pior parte. Faça a sua parte para mudar o mundo – ainda é preciso, não se demita

  14. maria celeste ramos says:

    Que culpa tem o 25 de abril da imoralidade dos homens que nos governam ??? e de outros que sem governar, se aproveitam e são apenas corruptos ? Que culpa tem o sol de estar escondido – será que não há “sol” ???


  15. Segurem as casas e as terras.

    O tsunami de hiperinflação já esteve mais longe de regressar à Europa!

    Ler texto integral em O António Maria
    Link: http://o-antonio-maria.blogspot.pt/2012/04/segurem-as-casas-e-as-terras-e-comprem.html (via shareaholic.com)

    para os que se preocupam e para os outros .. também


  16. Caro Palavrossavrvs, que é verdade que não gosto da sua linguagem, lá isso é; que o que acabei de dizer é só a minha opinião e vale o que vale, também é verdade; e que, regra geral, não concordo com nada do que diz, é verdade também!

    Mas, desta vez, caro Palavrossavrvs, concordo inteiramente consigo!!! (com o conteúdo, não com a linguagem vernácula, entenda-se! 🙂 )

  17. Zuruspa says:

    Parece que o único com “pensamento único” é o autor do artigo. Näo se pode discordar, ponto final!
    Sectário e arrogante, está a projectar nos outros quando diz que säo intolerantes.
    Humildade precisa-se!

    Ossos partidos, o tal dinheiro que jorrava a rodos no tempo do Cavaco näo foi investido, mas sim *queimado*! Investimento implica haver um retorno esperado par aquem pöe o dinheiro (e näo para os amiguinhos que constroem).
    Quanto muito, foi… “investido”!

  18. Observador says:

    Este “post” tresanda a ódios ocultos e muita ingratidão, coisa feia.

    Honra e Glória aos Homens e Mulheres de Abril!…

  19. mamacopa says:

    Só quero contribuir com o seguinte:
    – felizmente aconteceu abril. Caso contrário, os do contra, e não me interessa agora estar a discutir quem tinha, tem ou terá razão, estariam, não a emitir a sua opinião, mas a omitir a opinião, pois caxias, peniche, alcoentre, etc, estariam com uma reserva em seu nome com pensão completa.
    – quando oiço que é preciso um novo 25 de abril eu discordo. Discordo porque o objectivo principal do 25 de abril, que era restauração da liberdade e implementação da democracia, foi atingido.
    – o que seria preciso era de um novo 25 de Novembro, que foi feito para combater os desvios da esquerda radical, num mês qualquer para combater os desvios desta direita encapotada de centrista que já nos trouxe para niveis de vida anteriores aos dos terriveis anos 70.
    – e olhem para os números antes de julgarem… olhem bem para os números… e vejam quais as PPP’s que não trouxeram benefícios alguns para o país (nem estou a perguntar por certas regiões), quais as vantagens prometidas e as conseguidas, quais as promessas feitas e as conseguidas, que avanços e que recuos.
    Para concluir:
    A democracia é um cheque em branco. E será sempre um cheque em branco enquanto votarmos nas pessoas e não nos programas. Enquanto os programas do(s) partido(s) vencedor(es) que foram sufragados não forem obrigatoriamente cumpridos e enquanto tivermos presidentes da república que não zelem pelo cumprimento da constituição que juraram cumprir e proteger, e não obriguem os partidos a perguntar ao povinho sobre todas as questões que não estavam previstas nesses programas partidários.
    Disse.

  20. Luís says:

    O “post” não está ao nível do Aventar e, se calhar, nem do autor.
    A forma é rasca, de azeiteiro, diz-se cá para o norte, e o conteúdo enfim…desancar em quem derrubou a ditadora no 25 de Abril e defendeu a democracia no 25 de Novembro é de pobre de espírito e mal agradecido de corpo.

  21. metalurge says:

    O 25 de abril foi bom para o povo ter direito á liberdade, voto, opinião, manifestação, indignação, etc. Mas foi melhor para os oportunistas se safarem neste país. Democracia não é só falar mas também agir.
    Alguns dos nossos históricos políticos que estão bem reformados e com fundações (com boas regalias e que até não pagam multas porque o estado é que as tem que pagar) que dizem terem feito o 25 de abril, são os mesmos que nos empurraram para esta situação (UE) em que o país se encontra. (sabe-se lá porquê) Ou seja: Deveriam ter agido pelo menos à trinta anos atrás para evitar esta tragédia social, económica, financeira, etc. Se calhar não dava jeito….
    Serão também estas as conquistas do 25 de abril ?
    E ainda assim continuam indignados com a situação do país… (dá jeito). E em solidariedade não vão estar presentes nas comemorações oficiais ?…(dá jeito para estarem ao lado do povo)
    Liberdade e democracia não são sinonímo de oportunismo.
    O 25 de abril foi feito para o povo português e não para estes senhores se pavonearem com as conquistas de abril.


  22. Caro Metalurge, fantástico comentário o seu! Subscrevo integralmente!

  23. palavrossavrvs says:

    #18
    Não sou ingrato aos capitães de Abril.
    Mas os capitães de Abril vivem num mundo cruel e competitivo que se está a cagar para eles.
    Os dirigentes chineses de topo estão-se a cagar para os capitães de Abril.
    Os mercados e os líderes direitolas da Europa estão-se a cagar para os capitães de Abril.
    Mesmo os líderes de Esquerda Nefelibata, como previsivelmente Hollande,
    rapidamente e não tarda nada estão a cagar para os capitães de Abril.
    Soares, que está associado às bancarrotas pelos governos que chefiou, e pelo apoio assolapado ao PPP Playboy Primadonna Parisiense, está-se a cagar para os capitães de Abril:
    o que lhe pesa é ter perdido umas eleições presidenciais e vá perder as próximas,
    armado em Manoel de Oliveira das eleições.

    Sócrates, no seu jacuzzi parisiense de playboy intocável,
    está-se a cagar para os capitães de Abril.

    NÂO CHEGA uma liberdade esfomeada como uma repressão e ditadura esfomeadas,
    uma liberdade para que corruptos se cevem,
    os que podem emigrem, os que não podem morram devagar,
    NÃO CHEGA.

    Perguntem aos Gregos: para onde foi o Dinheiro? Está fora do País. Para onde foi a indústria? Para onde foi a pesca e a agricultura?

    Quem são os hipopótamos da Banca e dos Serviços que ganham numa proporção distorcida relativamente aos vencimentos miseráveis que são regra no País desde sempre?

    Escandalizem-se com quem nos rouba, explora e engana e não com um «caralho» ou uma «cagamerdeira» numa frase vicentina para o século XXI.

  24. palavrossavrvs says:

    #21
    Nem mais.

  25. José Luís Graça says:

    É ridículo, lá porque manda uns palavrões, achar que está ao nível do Gil Vicente e do Bocage. Falta-lhe tudo o resto, meu caro, mas presunção e água benta cada um toma a que quer…

  26. palavrossavrvs says:

    #25
    Não me estou a equiparar autoralmente a Bocage e Gil Vicente. Estou a falar do excesso de escrúpulos com calão que nos fica a todos mal ter com Gil Vicente e Bocage que usaram o vernáculo, o palavrão com intuitos humorísticos e como forma de rebelião, protesto, sátira e resistência, no caso de Bocage.

    Podemos estar mais pobres,
    podemos até mal sobreviver com salários baixos
    e um tipo de precariedade duradoura a roçar habitualidades do terceiro mundo,
    mas palavrões? Nunca!

    Ainda posso indignar-me e desopilar com eles, graças a D’us.

  27. palavrossavrvs says:

    #2
    É racista, chauvinista e xenófobo todo aquele que não conferir dignidade substantiva e formal ao comentador de café. Não depreciarás em vão o alvitrante de café. Ele também vota.

  28. joao says:

    Gil Vicente e Bocage não merecem isto. E não, não é a mesma coisa.

    A mesma coisa é a gente limpar-se a dois dedos da mão, cheirar um e depois o outro. Aí podemos encontrar, efectivamente, algo comparável. E mesmo assim, depende.

  29. palavrossavrvs says:

    #28
    João, ninguém quer saber o que é que tu fazes com dois dedos da tua mão. Há lenços descartáveis, húmidos, perfumados.

    Dá um futuro melhor a dois dos teus dedos.


  30. Este palavroso É maluco. Diz que ganha menos que o salário minimo, que é professor,, que entrega todos os meses 150,00€ ao BES, mas não diz quanto ganha no Comissão Politica do PSD. Ele não tem um pensamento único. Tem um único pensamento. MERDA PARA TI

  31. palavrossavrvs says:

    #30
    Amo-te, Artur Almeida. E tens memória de elefante.

  32. palavrossavrvs says:

    #30
    Eu acredito no AMOR, Artur.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.