Nogueira Leite já se pirou?

Depois de ter anunciado que se pirava se os impostos aumentassem, para alivio da pátria e dos portugueses honrados em geral, António Nogueira Leite apagou a declaração de partida do Facebook. Será que abriu uma vaga na administração da CGD?

A ansiedade entre os candidatos ao lugar é enorme. É que ele até pode trabalhar para os impostos até Agosto, mas um salário bruto de 189 mil euros/ano mesmo que se receba apenas três meses chega perfeitamente para várias famílias numerosas.

Comments


  1. São estes cretinos que deviam ter sido já varridos a metralhadora… e ele que se pire enquanto é tempo.

  2. maria celeste ramos says:

    Acabei de ver a notícia da sua “despedida” mas que não se vai “abrigar” na CGD – mas devia antes pagar o que deve – está na SIC (20:51H) o ministro Gaspar a falar um bocadinho menos a dormir do que o habitual – lião decorada deante do espelho – tem resposta para tudo – padrão de economia aberta de transparência dis o ministro + etc – ai que nem apanho o que diz tal o seu recente àvontade – vamos TODOS para a RUA GRITAR


  3. Imagino que algumas celebridades francesas se mudem em breve para o Monaco.
    Sem falar de quem quer que seja em Portugal, quem possa que se “pire”… É que carregar às costas com um sócio maioritário (o Estado) que nos retira mais de metade do que ganhamos, satura… Não gostaria de viver em lugares desses…

  4. Eu mesma says:

    Esse senhor inspirou o meu primeiro cartaz, feito por moi-même, com uma foto cortesia do blogue We Have Chaos In The Backyard. Em que basicamente digo a esse gordo que fala de barriga cheia para ir mas é trabalhar.

  5. JotaB says:

    “Se em 2013 me obrigarem a trabalhar mais de 7 meses só para o Estado, palavra de honra que me piro”. António Nogueira Leite reagiu assim, no Facebook, às novas medidas de austeridade

    Os ratos são os primeiros a abandonar o barco…
    Mas este não é um rato qualquer. É uma ratazana ofegante, em permanente procura do melhor e mais farto pitéu.
    Algo deverá estar muito mal no “reino dos ratos”, ou então não passa de mais um imbecil, igual a tantos outros que se passeiam pelos corredores do poder, com acesso directo à manjedoura.

    Veio-me à memória uma frase dos meus tempos de meninice: – “Não és homem nem és nada, se…”
    Pois não “seremos homens nem seremos nada, se”… não conseguirmos correr com toda esta corja que se apoderou dos centros de decisão.

    O Rato

  6. maria celeste ramos says:

    Mas ete é um rato que não faz caganitas – então o que é que faz ??

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.