A ler

O “politicozinho” dizia-se liberal, porém o monstro não pára de engordar…

«O que é trágico, passado um ano, é que estejamos a sofrer o maior choque fiscal da nossa história moderna ao mesmo tempo que desperdiçamos uma oportunidade irrepetível de reformar o nosso Estado e a economia»

Comments


  1. Mas se o não fizerem mas fazendo a vontade a “relvas” – os ainda na idade produtiva (e reprodutiva) emigram para o NORTE (frança e alemanha) onde já há cada vez manos emprego, ou para o mais linge possível como Angola e mesmo Austrália e Emiratos porque para o BRASIL são, agora, poucos os eleitos e menos ainda os escolhidos e acho injusto emigrar para o brasil que em troca manda casas de alterne e acordos ortográficos
    Um dia não haverá analfabetos que entretanto vão morrendo mas ficarão os “eis-governantes” reformados iletrados e filhos de uma cabra bem cornuda alojados em lar de 3ªidade especial guardado por seguranças

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.