Assembleia da República cercada

Dezenas de soldadinhos de chumbo estão a ser colados no chão e em pequenos rádios ouvem-se crianças a falar de sonhos, em frente à Assembleia da República. Obra do Colectivo Negativo, a Arte também na Rua.

Imagem e notícia roubadas no Facebook

Comments


  1. Vi as pessoas a colar – que linda-amargamente criativo- mas eventualmente sugestivo – meu irmãozinho bricou aos soldadinhos de chumbo e aos 19 anos a brncadeira passou para a catana e ter mêdo das minas anti-pessoal – Depois foi uma xatice maior ver os seus “soldados” que morriam por causa das “brincadeiras” dos decisores de “secretária” ou do coronel paraquedista que andava a proteger as “coisas” dos “jardins” – minha querida mamã – seu amargo mas silencioso e longo sofrimento, e o meu triplicado pois sofria pelos 3 juntos – Porque é que o senhor RUAS presidente da assoc de autar aque destesto odeia e esfragalha aos bocados o novo presidente – que conheci e não gostei – nem de um nem de outro – que o diabo escolha estes instalados e incorruptíveis que se mordem sempre mas alternam poleiros


  2. Continuo a escrever sem olhar e precipito-me a enviar com erros – perdão mais uma vez e ainda


  3. Reblogged this on Azipod.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.