Ó contribuinte, paga-me aí a sporttv!

Em Oliveira de Azeméis, descobriu-se que o Presidente da Câmara, Hermínio Loureiro, usufrui da Sporttv no seu gabinete e o PS já veio exigir que esse serviço seja desligado. Pessoalmente, posso achar estranho que, de um cargo tão exigente, sobre tempo para se ver sequer uma flash-interview, mas admito que Hermínio Loureiro possa gerir o seu tempo de trabalho da maneira que melhor lhe convier e pode até dar-se o caso de isso não o impedir de desempenhar as suas funções autárquicas com seriedade e competência.

Também não me parece ilegítimo que, durante o seu mandato, Hermínio Loureiro possa acrescentar algo de pessoal ao seu gabinete. Alguém levará a mal que tenha, por exemplo, uma fotografia da família em cima da secretária? Julgo que não, a não ser que tenha sido a Câmara a pagar a revelação da fotografia e a moldura.

Que Hermínio Loureiro tenha, portanto, a Sporttv ou uma Playstation ou uma Bimby no seu gabinete está muito bem, desde que as despesas que daí decorram sejam pagas pelo bolso do cidadão que, circunstancialmente, é autarca. Se assim não for, é simplesmente escandaloso.

De acordo com o que li no Jornal de Notícias, Hermínio Loureiro terá comentado que, enquanto algumas pessoas andam preocupadas com um serviço de televisão, ele anda preocupado com os problemas do concelho. Acho bem: se um presidente da Câmara usar dinheiros públicos para satisfazer gostos privados, esse presidente é um dos problemas do concelho.

Comments

  1. Konigvs says:

    Não sei qual será mais vergonhoso, se determinado presidente de uma câmara municipal ver televisão durante do horário de expediente se fazer o contribuinte pagar 25€/mês para satisfazer um capricho.

    • xico says:

      Por acaso sabe qual é o horário de expediente de um presidente de Câmara? Sabe que as Câmaras negoceiam pacotes de net, telefones e tv porque precisam para os seus serviços. Sabe se a sporttv faz parte do pacote negociado?

      • António Fernando Nabais says:

        Era, pois, muito bom que Hermínio Loureiro se limitasse a demonstrar que a Câmara não gasta um tostão com a sporttv. Ficava o problema resolvido.

      • Carlos de Sá says:

        …para esperto falta-te tanto! Câmaras negoceiam pacotes que incluem TV? Melhor: Câmaras negoceiam o que é suposto ser serviço profissional (telefones e Internet) com uma empresa que tem apenas serviços domésticos?


  2. Se calhar os aventares também acham que isto não é liberdade


  3. E que o mensalão brasileiro é liberdade ou não ??


  4. Bom… vou ser sincero. Pelo que vejo todos os dias neste “magnífico” país, certamente, que quem paga a SportTV somos todos nós (Zé Povinho) e não o senhor Hermínio…
    Acho que, seria “escandaloso” se ele próprio pagasse para ter SportTV no seu gabinete, dado que estamos num país de aldrabões…

    Lá está… há uma possibilidade de 1% de ser ele a pagar. Ou até, nem tanto.

  5. Jesus says:

    http://www.youtube.com/watch?v=WkiKkOFCPJ0&feature=plcp
    Este vídeo pode ajudar a dissipar algumas dúvidas sobre a compet~encia e seriedade do senhor em causa. Em 2009 prometeu a execução das redes de água e saneamento (as principais carências do concelho) para chegar a uma cobertura próxima dos 100%. à data de hoje fez…ZERO!

  6. Valdemar Soares says:

    Desde todos os pontos de vista ético mural e respeito pelo contribuinte parece-me um abuso imperdoable.

Trackbacks


  1. […] ser verdade, é mais uma prova do nosso belo país e dos grandes gestores que temos por […]


  2. […] O Paulo Guinote tem escrito sobre o tema, no blogue e não só. Em resumo, as câmaras que conseguirem empregar menos professores que os considerados necessários receberão metade daquilo que se considera ser o custo de um professor. Para confirmar, basta ler a já célebre cláusula 42ª do contrato que está a ser negociado com algumas câmaras prestimosas. […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.