Entrevista com Manuel António Pina

Entrevista a Manuel António Pina, produzida pela Página Literária do Porto e disponível integralmente na net. Uma visão diferente de um dos maiores portugueses da actualidade no dia do seu desaparecimento.

Concurso de ideias: novas “brands” para vender Portugal

O Aventar, inspirado no Allgarve de Manuel Pinho e no Poortugal da The economist, lança hoje um concurso de ideias para a criação de novas brands (“marcas” é palavreado dos maus alunos) para cidades e regiões nacionais, com o objectivo de ajudar a vender os topónimos portugueses, uma vez que o território em si já está praticamente alienado, à semelhança da população, aliás.

 Queremos, sem demora, registar duas novas brands: uma para o Alentejo – All-in-Tejo – e outra para a Estremadura – Estremahard. No primeiro caso, será possível atrair turistas e dar, finalmente, utilidade ao aeroporto de Beja; no que se refere à segunda brand, será possível prever a criação de negócios no âmbito da música pesada ou a construção de estúdios dedicados à rodagem de filmes pornográficos.

 Propomos, ainda, Ass-in-bra para Coimbra, Gu-burn para a Guarda, Saw Yours para Viseu e Happy Port para Portalegre. A caixa de comentários está aberta: vamos ajudar o governo a vender Portugal.

 

Aborto

Abriu a primeira clínica de aborto para interrupção voluntária da gravidez na Irlanda do Norte.

Apesar de o aborto continuar a ser ilegal na Irlanda do Norte, a inauguração do Centro Marie Stopes (ontem) levantou uma onda de protestos por parte de conservadores católicos e protestantes irlandeses. A manifestação junto ao Centro Marie Stopes contou com pelo menos 200 pessoas.

«Kill me before birth- it’s abortion» e «Kill me now-it’s murder» – lê-se num cartaz.

A minha posição? Sou pela vida. E se fosse eu o embrião ou o feto?

Sopram ventos de mudança na Federação

Armindo de Vasconcelos

Joana Gonçalves acaba de assumir oficialmente a candidatura à presidência da Federação Portuguesa de Hóquei para o ciclo olímpico 2012/2016.

Aos 28 anos, esta licenciada em Ciências do Desporto pela Brunel University, de Inglaterra, que ostenta ainda uma pós-graduação em Gestão Desportiva pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto e era a responsável pelos núcleos do Desporto Escolar tutelados pela FPH, vai ser, tudo o indica, a próxima Presidente e será a segunda mulher a responder pela modalidade no seu mais alto cargo executivo.

Para além de ser o mais jovem candidato da história do hóquei em Portugal, Joana Gonçalves tem atrás de si uma carreira de atleta de 12 anos, é internacional, tem o curso de treinadora, é juiz nacional e internacional e, desde 2009, é funcionária do departamento Técnico da Federação como coordenadora e gestora do Hóquei no Desporto Escolar, colabora na organização e desenvolvimento competitivo e ajudou a preparar o Plano Nacional de Formação de Treinadores, IPDJ. [Read more…]

Clube dos Pensadores com Maria de Belém Roseira

O Clube dos Pensadores é uma boa ideia.

Ou antes foi uma boa ideia. Hoje é uma EXCELENTE realidade. A norte, do lado sul do Rio Douro há gente que teima em fazer o que nunca foi feito, há gente que desafia outra gente a pensar.

O Mário Nogueira foi o Senhor da última edição. Maria de Belém é o Senhor que se segue. Na próxima 2ª feira, dia 22 às 21h30 no hotel Holiday Inn, em Gaia.

Vou lá estar porque gostaria de perguntar a Maria de Belém o que ela pensa sobre o quando ou o quê.

Morreu o Manuel António Pina

Caramba…

O que se escreve nestas alturas? Lembra-se o Homem, o escritor, o criativo, o cidadão.

A primeira coisa que me ocorreu foi um dos últimos trabalhos que fiz com os meus alunos em torno do livro “O tesouro.”

Estamos de volta ao país das pessoas tristes, hoje ainda mais triste pela partida do Pina.

Verbos da Crise

A 10 de Setembro,  José Eduardo Cardoso, o jovem de 28 anos que se cansou de enviar currículos, resolveu fazer greve de fome em plena Rua Santa Catarina no Porto, até conseguir arranjar emprego. Desejava até falar directamente com Passos Coelho, PM.

Cinco dias depois, dia da manifestação que ficará na nossa memória, um estudante com cerca de 20 anos imolou-se no edifício do Governo Civil de Aveiro.

Luísa Trindade, 57 anos e Ana Maria marcaram o 5 de Outubro: a primeira, «desesperada»,  irrompeu pelo Pátio da Galé enquanto Cavaco Silva discursava na celebração e a segunda, mais jovem e cantora lírica, invadiu também o evento e cantou pacificamente enquanto Luísa enfrentava um grupo de seguranças.

Ontem entrou em cena, empurrado para o palco, sem jeito para actor, Pedro Marques, o enfermeiro de 22 anos que decidiu emigrar para Inglaterra. Porém, a sua participação nesta «peça» ficou marcada pela redacção de uma carta dirigida a Cavaco Silva, PR: “Permita-me chorar, odiar este país por minutos que sejam, por não me permitir viver no meu país, trabalhar no meu país, envelhecer no meu país. Permita-me sentir falta do cheiro a mar, do sol, da comida, dos campos da minha aldeia”.

Estas são apenas cinco personagens desta crise. Não são heróis, na minha opinião. Somente se viram mediatizadas pelas suas inciativas arrojadas e desesperadas a solo.

Aguardam-se novos e infelizes episódios.

Ofertas de escola – confirmam-se as ilegalidades

Sim, outra vez as ofertas de escola.

Só numa escola, segundo a SIC, são 40 os docentes que, com um mês de aulas, têm que deixar os seus alunos, uma vez que o concurso aí realizado foi ilegal.

O Ministério de Nuno Crato deixou as escolas e os Directores às escuras durante dois meses e só esta semana deu indicações sobre os procedimentos a seguir – naturalmente houve escolas que seguiram um caminho e outras que fizeram outras opções. Umas tiveram a sorte de acertar, outras não.

Esta foi também a semana da 6ª colocação de professores, no que à Reserva de Recrutamento diz respeito! Imagem, no entanto, que um mês depois das aulas terem começado, o meu filho continua sem Professor de Educação Física.

Durante um mês foi um ai jesus nas Direcções das escolas e um pouco por todos os cantos onde existe um professor desempregado.

Mas, apesar das colocações semanais e dos esclarecimentos há um facto que continua a ser verdade: há alunos nas escolas sem professores e professores em casa, despedidos, sem alunos.

Que Educação é esta Nuno Crato?

Que raio de Plano Inclinado tens tu?

RTP

A comunicação social em crise aproveita tudo o que mexe para se safar – no jornal I  fala-se da RTP Porto e de como esta é um problema, segundo eles, o maior dos problemas.

Há coisas que não são para explicar – a RTP tem que existir a Norte e não apenas no formato delegação. E tem que existir porque sim. A dimensão noticiosa de um país civilizado exige a presença do serviço público de informação (televisão e rádio, neste caso) de proximidade.

O jornalismo está longe de ser uma ciência exacta e por isso as vivências dos jornalistas, a sua existência enquanto pessoas junto da população é fundamental para perceber o pulsar do país e, com base nisso, construir informação de valor acrescentado. Reduzir a RTP a Lisboa ou, pior, reduzir a RTP à SIC e à TVI é um mau caminho que prejudica o país.

Quero que parte dos meus impostos continue a ser utilizado na RTP, no serviço público de informação e, claro, na sua produção no Porto e nas restantes delegações a norte.

A solução para o país não passa por fechar a paisagem e levar tudo para Lisboa.

—-

Actualização via face: Encontrei este texto da Jornalista Magda Rocha que não resisto a publicar: [Read more…]

O governo lusitano tem lugar no tribunal dos Direitos Humanos

pedro_passos_coelho%26FMI_cartoon.jpg

Não há outra forma de avaliar este governo se não passar pelo Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. Em 1978, Portugal ratificou a Convenção Europeia dos Direitos do Homem, ficando desde então a fazer parte do sistema internacional considerado mais avançado na proteção dos direitos e liberdades fundamentais.

Consagrando um conjunto de direitos de diversa natureza (civis, políticos, económicos e culturais), a Convenção instituiu um mecanismo de garantia da aplicação desses direitos, através da criação de um órgão internacional independente que tem por missão apreciar as queixas relativas à violação, pelos Estados partes, dos direitos previstos na Convenção:  o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

[Read more…]

O Ministério dos Juros


A ideia de encolher as pastas governamentais tinha uma explicação; temos dois ministérios sombra: o das privatizações e este, o dos juros da dívida, o verdadeiro pai da crise, gerido por essa entidade mítica chamada mercados e pela troika e o bom dinheiro de que nos vai espoliando.

É um ministério zoológico, abutre, e bíblico, usurário, a especulação financeira com toda a sua ganância desmesurada custando-nos mais do que a educação e pouco menos que a saúde.

Uns dirão, com fé e ideologia, que os tais mercados, coitadinhos, na sua pureza angélica só emprestam com juros assim porque havia um risco elevado de não pagarmos; a esses respondo que assim é que não pagamos.

fonte: Público

Mis nietos hablan de falta de honestidad de Paulo Portas

Paulo%20Portas.jpg

Nota introdutória: os meus netos são quatro e têm as suas opiniões sobre o que acontece em Portugal. São filhos das nossas filhas britânicas, uma, doutorada em psicóloga clínica  casou com um cidadão Neerlandês director do Museu da Resistência e excelente pintor de quadros em óleo, Magister em Museologia. A mais nova, Magister em Flora e Fauna, trabalha no Projecto do mesmo nome da Universidade de Cambridge, onde eu próprio fiz meus pós graus em Antropologia Social, especialidade Psicopatologia da Infância, casou com um Britânico como ela, Magister em Informática, com a sua própria empresa de desenhos animados. [Read more…]

A Noite de Varennnes

Apesar de não estar integralmente na net, está a maior parte – os últimos 55 minutos do filme, entre os quais se conta a cena belíssima (do ponto de vista cenográfico) da captura de Luís XVI. A ideia do filme, realizado em 1982 por Ettore Scola, é curiosa. Numa carruagem, o escritor Nicolas Edmé Restif de la Bretonne decide seguir a condessa Sophie de la Borde – juntamente com o velho sedutor Casanova e o patriota americano Thomas Paine – para encontrar o rei Luís XVI – que havia fugido de Paris.
ficha IMDb

Da série Filmes para o 8.º ano de História
Tema 7 – As transformações do mundo atlântico: Crescimento e rupturas
Unidade 7.2. – O triunfo das Revoluções Liberais

Mouras (3)


em Penela

Qual austeridade!?

Governo investe 800 milhões no Banif. Mas descansem os corações sobressaltados, não vai ter maioria em termos de votos.