O direito à estupidez também

Ferraz da Costa diz que direito à greve deve ter limites.

Comments

  1. Miguel says:

    A liberdade de um acaba quando a de outro começa. Frase linda, desconhecida por CPs, Metros, etc…


    • A liberdade de os humanos lutarem pelos seus direitos só tem um limite: o cosmos. Ou viveríamos na idade média, para não dizer antes.

      • Miguel says:

        Sendo assim porque estamos nós a travar os políticos? Que também têm o direito de lutar pela sua liberdade e direitos?

    • António Fernando Nabais says:

      E quando a liberdade de um encolhe, a greve aumenta.


    • Eu concordo totalmente com o Miguel! E não me importo absolutamente nada que me chamem estúpida! Prefiro mil vezes ser insultado, que é coisa, aliás, que não me afecta minimamente, do que prejudicar os meus semelhantes!

  2. Eanito el estático says:

    li berdade? a liberdade dos camionistas desempregados?
    ao menos a fruta exportável podia seguir não?

    que as lajes de granito e de mármore estagiem no porto pas de probleme

    agora 40 contentores com agrumes e peras….ache que nã chegam lá vivas…
    tenho laranjinhas para exportar em dezembro
    se a cooperativa NÃ FALIR ATÉ LÁ a gente agradecia que cumprissem aquilo do gado e dos perecíveis

    do gado tou-me lixando é tudo importado
    é como a carne
    excepto os chouriços e bacon para os Angolares
    há um contentor de Borba? ou é vimieiro

    duma coisa qualquer está a estragar-me a vista há 2 semanas

    Façam a greve na carris a ver se me chateio…


  3. é bonito!
    quando o país tenta balancear o elevado deficite com as exportações contra as importações, eis que um grupo altamente “especializado” na area da exportação, em greve há 2 ou 3 meses, impede que produtos pereciveis produzidos em Portugal, se deteriorem pelo tempo e/ou conservação e conduzidos às lixeiras!
    o que vale é a grande aptidão intelectual deste comentador de cigarro na boca e barba por fazer, que após esta tirada de inteligencia sobre a estupidez, foi descansar umas horas devido ao esforço….


  4. Quando a liberdade passa para libertinagem – talvez queiram também Prémio Sakarov de liberdade de Espirito como as meninas que entraram num templo e não sabem os limites – tudo no mundo é limitado – eté o cosmos que começou apenas num ponto in«finitamente denso e pequeno, o que não quer dizer que o que não se vê não exista
    Sem limites só a ilusão e a indecência dos governantes e BANQUEIROS .(e se calhar dos libertinos) ou também serão livres de roubar e espccular ?? liberdade – até parece a parada gay


  5. Vou mais no Direito à Preguiça do Paul Lafargue. Uma boa visão das coisas, para quem não está formatado, claro:

    http://marecinza.blogspot.pt/2012/02/paul-lafargue-o-direito-preguica-1883.html

  6. Augusto Marques says:

    É por estas e por outras (por um lado greves por outro corrupção) que não acredito que Portugal venha a ser a um país do 1º mundo e quando acabar o dinheiro acabará a democracia.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.