Não se faz!

As facturas acumulavam-se em nome do sr.Pedro Coelho. 32 cervejas, 47 cafés, 5 bitoques, meia duzia de rissóis de pescada, dois bifes à casa, 2 idas a casa de banho municipais – uma em Coimbra, outra em Barcelos – um bacalhau com todos, um serviço completo de manicura, três depilações à brasileira, três doses de pastéis de bacalhau com arroz de espigos, uma dose dupla de tripas à moda do Porto, 14 garrafas de tinto de marcas sortidas, uma dose de pézinhos de porco de coentrada, uma tachada de cadelinhas com papas de xerém, até uma gralhada de lapas da Madeira. E com tudo isto, ninguém, mas mesmo ninguém, se lembrou de facturar um Kompensan ou mesmo uma humilde Água das Pedras para esmoer. Isto não se faz!

Comments


  1. Afinal todos estão a contribuir para uma eficaz cobrança de impostos e, assim, ajudar o governo! Ainda bem.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.