No Espírito Santo a malta engana-se muito no IRS

ricciardiO arguido e banqueiro (que rara combinação de palavras) José Maria Ricciardi corrigiu três declarações de IRS. Enganou-se primeiro em 376, depois em 567, e mais recentemente em 554, milhares de euros. Coisa pouca na família Espírito Santo, Ricardo Salgado utilizou uma amnistia (ah, as amnistias fiscais) para regularizar rendimentos de 8,5 milhões de euros (meter uns números com rendimentos assim no Aventar é um truque: assim tenho de certeza pelo menos um comentário onde alguém grunhirá: invejoso! e eu rio-me, nem do banqueiro anarquista tenho inveja quanto mais destes, mas eles lá têm esta k7, e gostam, e pensam que faz sentido, a natureza não distribuiu equitativamente a inteligência, não há nada a fazer).

Eu tenho inveja é do Bruno de Carvalho, esse, o do Sporting lisboeta. O Bruno, asseguram os fofoqueiros do desporto, trocou insultos com o Ricciardi. Ora eu já vi o Bruno de numa entrevista, e embora também seja moce para usar umas expressões do Carvalho, imagino a coisa assim:

Bruno: benfiquista!

José Maria: tá calado ó pobre, ainda vais acabar em, em… sem abrigo!

Voltando aos números corrigidos: não, não andamos a viver acima das nossas possibilidades, andamos é a viver com possibilidades mal divididas. Com contas de subtrair para uns e de multiplicar para outros, numa adição sucessiva de submissão e desigualdades.

Aritmética à parte, desconfio que quando acordarmos só nacionalizamos outra vez os prejuízos.

Post Scriptum: alô Paulo Padrão, queres o meu número de telefone?

Comments

  1. Em nome da verdade says:

    Atenção que os números das correções estão mal. O jornal confundiu os impostos pagos com as correcções. As correcções de rendimentos foram menos de 400 mil nos 3 anos e os impostos revistos em alta em cerca de 180 mil.

  2. Eu mesma says:

    Viram as declarações do movimento dos reformados banqueiros indignados? Coitadinhos não ganham fortunas e acham inconstitucional que contribuam alguma coisa para tirar o país da fossa. O seguro dos iates está caro? Vendam os iates e andem de moliceiro. Peçam dinheiro emprestado ao Miguel Sousa Tavares, que perante as falcatruas do sogro da filha, está calado que nem um rato. Pois pudera!


  3. Agora também citicas a Banca ? Então o que não terei eu para dizer da maldita , corrupta e nojenta banca , dos bancários e bannqueiros .
    Tudo na Banca é feito de sujeira .

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.