E insiste

Victor Baptista votou pelo fim das reformas deputais porque se pensava excluído. É pobre, mas lata não lhe falta.