Eu se fosse este gajo pintava a cara de preto

O gajo é um tal de Adriano Rafael Moreira. Depois desta sova da Ana Drago:

pintava sim senhor, de preto, para não ser reconhecido na rua.

Comments

  1. António says:

    temos de dar nome aos bois

  2. Dora says:

    Quando oiço o cliché gasto do “os políticos são todos iguais”, ou “querem é tratar da sua vidinha” ou ainda, o inenarravelmente chato “é tudo farinha do mesmo saco”, lembro-me da Ana Drago, uma boa deputada da assembleia da república.

    Felizmente, há mais.

    O que a deputada afirma neste pedaço de vídeo é óbvio- não é o estado, entidade abstracta, que é mau gestor; são os gestores que são incompetentes e que, saltitando daqui para ali e dali para acolá, vão juntando incompetência e má fé. E, imagine-se, são pagos para isto.


    • Pois, Dora mas esta senhora, que eu gosto de ouveir, é a mesma que veio de Lisboa a Guimarães em carro da assembleia com motorista.

      • Jorge Vinhas says:

        Isso foi o que ouviste na comunicação social (que tem muito que se lhe diga…) e é verdade. Mas esta senhora não tem carro nem carta de condução. Desloca-se todos os dias em taxi ou autocarro para a A.R.. Quando se deslocou a Guimarães propôs-se a ir de comboio o qual lhe foi negado e puseram ao dispor dela um carro com motorista visto que ela ia em representação da A.R.. CUIDADO COM AS INFORMAÇÕES!!!

        • josé filipe says:

          Ora bem,pequena mas grande deputada,se houvesse mais assim muita coisa endireitava.Endireitava,endireitava,mas não é como o outro.

    • Henrique says:

      logo… o Estado não deve gerir empresas… boa conclusão do BE 🙂

  3. JuditeSequeira says:

    Temos que dar nome às coisas e não ter medo de falar e opinar! Uma boa intervenção da Deputada Ana Drago! Brutal! Claro está que são todos uma cambada de incompetentes e foram eles que colocaram o país no estado em que está! Porque temos que ser nós cidadãos comuns a pagar a fatura?

  4. palavrossavrvs says:

    Gostei. Sinceramente, gostei, aplaudo e aprovo. Agora imaginem que ela tivesse mesmo tempo para desfiar o rosário dos nomes dos bois. Disso é que eu gostava. São tantos nomes. São tantos bois.

  5. palavrossavrvs says:

    Por outro lado, gostava de saber quem chefiava este Adriano Rafael Moreira, este Paulo Braga Lino, este Juvenal Silva Peneda, esta Maria Luís Albuquerque. Quem? Mas quem estava por cima deles. Sim, porque alguém fechou os olhos, alguém sonhou e a obra nasceu.

    O Padrinho da Máfia é infinitamente mais culpado que cada um dos seus esbirros somados.

  6. António Fernando Nabais says:

    Que grande e merecida e linda carga de porrada!


  7. É na cara que se diz
    Frente a frente na Assembleia!
    Só lhe faltou torcer o nariz
    A quem fez tanta asneira.

  8. Andreia Cereja says:

    Adoro esta mulher e quando for grande quero ser assim. Tenham vergonha sim, vergonha nessas caras de gozo, de gente que engordou às nossas custas, vergonha da miséria em que estamos, vergonha de passarmos na rua e ver o olhar infeliz e sem esperança das pessoas, de ver cada vez mais sem abrigo, pessoas que nem uma refeição por dia fazem. Vergonha desta merda toda em que estamos afundados só pq os senhores e senhoras precisavam de redecorar a casa e comprar um carro novo!!! Desculpem o calão, mas há que chamar as coisas pelos nomes. Este país não vai lá de cravos e falinhas mansas

    • palavrossavrvs says:

      Apoiado.

      • adelinoferreira says:

        Oh Palavrossaureo tem cuidado,que a
        interpretação que dou ao comentário da
        Andreia Cerejo é que ela pensa que, só
        um Josef resolveria a situação

    • Henrique says:

      Sim…é pena é que defendam regimes como a Coreia de Norte…


    • HÁ UMA FORMA CRIATIVA E RADICAL DE OS COLOCAR NO DESEMPREGO, (EMBORA SÓ ALGUNS O MEREÇAM): INVADIR A AR E EMPURRÁ-LOS PARA A RUA À PAULADA… VERIAM COMO RESULTAVA!!! E O POVO LIVRAVA-SE DA CORJA DE MAFIOSOS QUE ANDA A SUSTENTAR!!! ………………… OUTRA FORMA DE FAZER O 25 DE ABRIL…………………

  9. carlos costa says:

    Está mulher e o seu partido a partir de hoje vão passar a ter o meu voto. Assim é que se fala mulher.Descobre a careca destes porcos nojentos todos que não tem nome.

  10. xico says:

    Chama-se na minha terra, ter a resposta na ponta de língua.


  11. O mais incrível é o nível de “tolerância” que temos para com este tipo de situações e pessoas. mas num país onde Oliveira e Costa se passeia alegremente pelas ruas de Lisboa e pelo conselho de administração da Galilei, onde vem a ter uma participação de uns 17 ou 18 milhões de euros, isto são banalidades…

  12. Marta Paulino says:

    Como descrente de TODOS os deputados e afins, gostei! Que haja mais episódios desses. Mas confesso que me faz ferver o sangue,a atitude desses responsáveis pela situação do país quando confrontados.É chocante, um nível muito baixo,falta de ética e moral, nem sei o que chamar…

  13. ansomilo says:

    Excelente intervenção de Ana Drago.


  14. Possuidora duma excepcional experiencia de vida, de capacidades extraordinarias e duma enorme casa nova remodeladinha á maneira, já tratou de avisar o tesoureiro do BE que tem de abrir os cordões á bolsa que o graveto não chega! Inocentes… é tudo farinha do mesmo saco! Os deputados do BE fazem gala de almoçar com os do PP, afinal, ao que dizem, são eles que conhecem os melhores restaurantes! 🙂

  15. nascimento says:

    Já repararam que isto não passa nos merdia? Pois é a democratização….

  16. Maria says:

    Adriano Rafael Moreira, natural de Lousada onde mantém residência. Advogado, encostou-se ao partido desde adolescente e nunca mais largou o osso. Um dos cargos que ocupou na REFER valia-lhe um salário milionário. Um xico esperto boçal da laia de Miguel Relvas.
    O deputado Simão Ribeiro, do mesmo partido, também ele oriundo de Lousada, onde vive com seus pais, eleito aos 24 anos deputado AR, também se encostou ao partido desde garoto. Apenas o 12ª Ano como habilitações literárias. Estes são apenas exemplos de corja política.

  17. forca aos politicos says:

    A dputada falou be como referem aqui muitos comentadores. Mas engraçado é que quem comenta e da os parabéns a senhora deputada, depois vão votar sempre nos mesmos. Porque uns tem tacho do PSD, CDS e outros do PS e por isso tem medo que a riqueza seja distribuida, mas a riqueza que julgam ter porque somos todos uns falidos e só quando a miséria vos bater á porta é talvez ai se lembrem dos discursos da deputada.

  18. I. Ribeiro says:

    O problema principal é a falta de justiça. Sim, justiça.. mas a sério. Estes senhores, foram/são incompetentes. Delapidam o erário público, roubam o dinheiro que não é deles mas nosso, gozam connosco.. Têm de pagar. tem de haver justiça.. não basta serem convidados a demitirem-se. É preciso mais, muito mais. Verdadeira justiça. Exige-se justiça.. e veremos como os risinhos e o gozo desta gente muda. Ai, muda, muda..!! Ma s não enquanto perdurar a justiça forte para os fracos e a justiça fraca para os fortes. Tem de mudar. Para começar, direi que os partidos que têm alimentado toda esta podridão, não contarão com o meu voto nos próximos anos. Estou farto deles todos !!

  19. zé ninguém says:

    Porquê de preto?

    • Maquiavel says:

      Lá na terra diz-se “pintar a cara de merda”, que realmente era o que os senhores da lista que a Ana Drago enumerou (e häo mais) merecem…!

  20. Anormal no Parlamento says:

    Podem sempre inundar a caixa do facebook deste anormal: https://www.facebook.com/adrianorafael.moreira


  21. Se fosse eu cortava os pulsos… se ele quiser, mando-lhe a faca!

  22. João Cunha says:

    Grande Ana Drago.- parabéns. É assim mesmo. A verdade tem que ser dita. E esses senhores deviam ir bater com os custados na prisão.

  23. António Paulo Silva Duarte says:

    Esta pindérica devia estar calada. Mau Gestor?!! Esta gaja sabe lá o que é isso! Come sopa de letras ao jantar e acha que todos a têm que ouvir no dia seguinte. É uma erva daninha na paz social assim como o é o pseudo-partido a que pertence. Só dizem mal. Não há paciência!

    • carlos martins says:

      E tu és mais um DUARTE do PSD…..


    • Olha, um incomodado.

    • antónio says:

      Ó Duarte, se o Sr não fosse cego, o que é que gostava de ser?

    • Nascimento says:

      Ai KREDO, ” a paz social”, ó Duarte,atão tu que sabes o que é ser ” gestor”, explica lá, como é que esta merda descambou nas SWAPS, PPPS,etc e tal?
      Conheçes algum?Aposto que sim.Até deves ou ainda mamas, do tacho.
      Sim meu lindo Duarte,são pindéricos como tu, que todos os dias “fazem muito bem” a este PAÍS…gente que cheira a chulé, come queijo picante, e nem lava os dentes, para ter bom hálito.
      Gente pequenina,obediente ao xenhor polixia qué da aotoridade, e ao chefinho, gente sem espinha, que prefere andar á porrada por uma merda de um jogo ( hoquei em patins), do que sair para lutar pelos seus direitos. Sim Duarte, fazes parte da canalha, que ladra nos cafés, diariamente, ou “participa”, (e com isso devem atingir orgasmos, aposto,) nos “foruns” das TÉLÉLÉS, mas que depois, encolhe os ombros, e ala prá praia!!!
      Sim Duarte és o prótotipo do tuga…ai Duarte se não ganhas á RUSSIA…foda-se pá!!! Desgraça. Claro. Assim pró ano, como é que vais justificar, as cuspidelas, com tentas limpar a tua figura de tuga, sem reparares no escarro que és???


  24. “O gajo é um tal Adriano Rafael Moreira.” A preposição “de” não faz falta nenhuma na frase.

  25. produto says:

    E no entanto o estado é mesmo mau gestor porque um gestor do estado tem mil e uma regras que outro não tem. Um gestor do estado tem de cumprir regras, a maior parte delas desajustadas, que um gestor de coisa própria não tem.
    Por isso os partidos aonde a economia estatal predominou, ou seja os países comunistas, tiveram e têm mau desempenho economico.

    a lembrar sempre:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Kolkhoz

    Members of kolkhoz were allowed to hold a small area of private land and some animals. The size of the private plot varied over the Soviet period but was usually about 1 acre (0.40 ha). Before the Russian Revolution of 1917 a peasant with less than 13.5 acres (5.5 ha) was considered too poor to maintain a family.[7] However, the productivity of such plots is reflected in the fact that in 1938 3.9 percent of total sown land was in the form of private plots, but in 1937 those plots produced 21.5 percent of gross agriculture output.[8]

    o estado é mesmo um mau gestor, da mesma forma que dificilmente uma madrasta cuida tão bem de uma criança como cuida uma mãe, quem cuida do que é seu, quase sempre cuida melhor.


    • “Por isso os partidos aonde a economia estatal predominou, ou seja os países comunistas,” – isto é que é pensar. E escrever. Aonde? talvez na retrete, tal como todo o raciocínio e uso da gramática.


    • Senhor Produto,
      Essa sua conclusão é deveras extraordinária…

      Esquece-se com certeza de que vivemos uma crise global provocada precisamente por uma lógica de mercado neo-liberal.

      Há-de me explicar em que medida é que os resultados económicos de países como os E.U.A. ou dos que constituem a união europeia são satisfatórios.

      É absolutamente ridículo e desajustado da realidade querer insinuar que o modelo de mercado neo-liberal não regulado e colocado fora do controlo do estado seja algo de produtivo e sustentável para a sociedade como um todo.

      Santa dose de ignorância para não lhe chamar pior…

      • produto says:

        A China e a India não me parecem queixar-se da crise global. Como são quase metade do mundo talvez a crise global não seja global. De qualquer forma nada se consegue explicar a quem não quer perceber.
        Quanto ao JJC, quando os argumentos faltam sobram os insultos e o recurso à critica gramatical. Cresça.


        • Estamos a falar da China, aquele país que se afirma socialista, e onde grande parte da economia, incluindo a parte financeira, está nas mãos do estado? E da Índia, onde um partido comunista governa regiões e grande parte do território está ocupado por uma guerrilha maoísta?
          Afinal o capitalismo de estado quando convém, é bom. Vou crescendo, vou, mas não exactamente aprendendo com a sua ignorância.

  26. Maria Simões says:

    Ana Drago, esteve muito bem. Não deixei de reparar na deputada do CDS, no seu local de trabalho, na maior das descontrações, qual adolescente imberbe, a mascar pastilha elástica!!! Os alunos e professores estão proibidos de mascar pastilha elástica nas salas de aula… Esta deputada dá o “melhor” dos exemplos para a educação deste País, ou serei eu que não acompanho a evolução dos tempos?!

  27. pretor says:

    Mas que raio de lobby contra a pastilha elástica!!
    A mim não me incomoda, lamento.


  28. Adorei

  29. Maria says:

    Ana Drago no seu melhor!
    Ninguém de boa fé pode pôr em causa a pertinência das suas palavras.

  30. Pedro Pinto Nunes says:

    Estes tipos se investigassem a sério o que este senhor deputado andou a fazer durante anos com fundos comunitários

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.