À porrada

Agora Vítor Cunha glorifica o ensino de ditaduras (e/ou) onde se aplicam castigos corporais aos alunos. Diz que fica mais barato.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.