Vai trabalhar, malandro!!

O Povo é quem mais ordena
Aqui (para utilizadores de Facebook) faz-se um novo protesto contra mais uma injustiça.

Comments

  1. Maria says:

    Merecia uma medalha de mérito


  2. Muito triste…
    O gajo goza com os portugueses todos os dias… e depois ainda fica ofendido.


  3. Mandar um político profissional – aquele que finge trabalhar na empresa do tio ou no Estado e que distorce a economia do país para apoiar amigos – mandar trabalhar é o pior insulto que existe, neste caso deveria haver pena de morte.


  4. E queria que ele também distribuísse melhor os sacrifícios… começando por ele próprio.

  5. xico says:

    Não sou fã deste presidente, mas sou fã da democracia e do primado do voto (o tempo que vivi num regime de ditadura mascarada de democracia directa vacinaram-me). A Noémia Pinto pelos visto está do lado dos ultra liberais de direita, tipo tea party, que acham que os políticos são uns malandros que não trabalham, por isso, acabe-se com os políticos.
    Quanto ao insulto espero que não se ofenda quando lhe chamarem gatuna, chula e ladra, porque são coisas normais que se podem chamar a qualquer um porque isso é liberdade de expressão.


    • Xico,
      Percebeu tudo mal! Acho que Cavaco Silva, Pedro Passos Coelho, Vítor Gaspar e todos os seus compinchas do presente e do passado são políticos desonestos e mentirosos que se deixam orquestrar por interesses superiores (para eles) aos interesses do nosso País e do nosso Povo. Estes sujeitos, que nunca na vida fizeram nada de válido, estes sim, sao malandros e, mais do que isso, são mal intencionados. Há muitos anos atrás eu até tinha boa opinião de Palhaço Silva, perdão de Cavaco Silva, até ao momento em que ele usou como argumento de campanha o facto de não ser político de carreira e de sempre ter trabalhado. Isto foi dito por ele, não por mim. Entretanto, tadito, como precisa do dinheirinho que pinga para ele poder comer mariazinhas, que os dentitos já não podem trincar papos secos, deixou de ser tão trabalhador, para passar a ser executor das vontades de um grupo de manguelas.
      Acho que ser político é algo de grande, honroso e meritório, se se souber trabalhar e se se defenderem os superiores interesses do patrão, sendo que, neste caso, o patrão é sempre o Povo e não uma qualquer Frau.
      Para mim, ser político é ser maior, é ser capaz de gerir um país ou de colaborar na sua gestão de forma honesta, sem deixar que interesses pessoais interfiram no trabalho.
      Se eu trabalhar para um patrão e o roubar, ele despede-me e leva-me a tribunal. Com toda a razão. Mas se eu trabalhar para um país e o roubar, nada nme acontece. Acha isto normal? Eu não!

  6. Andrea says:

    Cavaco Silva! I don’t even think I can call it a government. To hear that a Portuguese citizen has no freedom of speech when telling President “To go work” when he had
    every right to it’s a democracy and he wasn’t wrong.. Fining someone money he may not even have is horrible.
    you’re a pig translate that as a citizen of Portugal and Australia you

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.