PCP: De Loures para o país

Ouvi ontem na TSF uma reportagem com Bernardino Soares, o novo Presidente da Câmara de Loures. Numa das suas primeiras acções como autarca, foi visitar as Oficinas do município e almoçar na cantina com os trabalhadores. Um acto pleno de simbolismo.
Nos dias anteriores, soubemos que Bernardino Soares chegou a acordo com o PSD para que a gestão da Câmara não se torne inviável nos próximos 4 anos.
O concelho de Loures vive hoje em dia, à semelhança do país, problemas sociais gravíssimos. O desemprego agravou as dificuldades económicas das famílias e acentuou as desigualdades e a pobreza, nomeadamente a pobreza infantil. A par disso, o betão não parou de crescer nos últimos anos, sustentado na conhecida política socialista de promiscuidade entre o poder político e o poder económico.
O desafio que o PCP tem pela frente é, pois, gigantesco. E a aliança que acaba de fazer com o PSD desmente categoricamente todos aqueles que acusam o Partido de não querer governar, de ser contra os acordos e os pactos, de se preocupar apenas com o «bota-abaixo».
Loures pode ser um exemplo para o país. E é aí, em Loures, com Bernardino Soares, que o PCP pode mostrar do que é capaz.

Comments

  1. joshua says:

    Os meus sentimentos e emoções são exactamente os mesmos. Grande Post!


  2. É de facto a atitude mais madura e responsável que alguma vez vi o PC tomar. Em Loures compreendeu que mais importante que a luta ideológica é a estabilidade governativa e a obtenção de consensos. Esperemos que esta atitude seja replicada a nível nacional, porque não é só Loures que tem “problemas sociais gravíssimos”.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.