Vai mas é trabalhar Ricardo Salgado!

Ricardo RSI

Imagem@Notícias ao Minuto

Para além da intensa actividade no âmbito do terrorismo financeiro, descobrimos esta semana que Ricardo Salgado é também um alegado mandrião, um parasita diriam alguns, pois ao invés de ir trabalhar, prepara-se para pedir o Rendimento Social de Inserção. Pelo menos é o que avança a imprensa cor-de-rosa e o PT Jornal.

Apesar de insultuoso para quem verdadeiramente precisa deste apoio social, é interessante ver o Dono Disto Tudo nesta posição, principalmente quando há exactamente dois anos atrás surgiam declarações deste sujeito que, relativamente à entrada de mão-de-obra estrangeira em Portugal para trabalhar em explorações agrícolas na zona do Alqueva, diziam assim:

Há imigrantes que substituem os portugueses que preferem ficar com o subsídio de desemprego (…) Se os portugueses não querem trabalhar e preferem estar no subsídio de desemprego, há imigrantes que trabalham, alegremente, na agricultura e esse é um factor positivo.

Tanto quanto sei, até porque metade da minha família vive no Alentejo profundo, continua a existir muito trabalho nos campos e escassez de mão-de-obra em algumas zonas da região. E nesta altura do ano, com as temperaturas a subir em flecha e o clima cada vez mais hostil para a labuta na aridez do Baixo Alentejo, estou certo que haverá um óptimo emprego à espera de Ricardo Salgado, o precário. A menos que, tal como as pessoas que criticou em tempos, Ricardo Salgado não queira trabalhar e prefira agarrar-se a um subsídio ao invés de, por uma vez que seja na vida, enveredar por um trabalho honesto. Nesse caso (e noutro qualquer) faço votos de que o seu pedido seja prontamente negado porque Portugal não está em condições de sustentar mais parasitas. Se não estiver bem pode sempre ir para a Comporta, brincar aos pobrezinhos. Com sorte, alguém há-de reconhecê-lo por lá e dar-lhe uma côdea de pão.

Comments

  1. carlos says:

    Esta é a corja k nao tem vergonha nos cornos

  2. ZE LOPES says:

    Então e que tal juntar-se ás irmãs no negócio dos bolos? (aliás, não deixa de ser engraçado que as manas Salgados se dediquem aos…doces!)


  3. Este dava conselhos ao país e rebaixava os portugueses que lhe enchiam os bolsos à bruta; o fugitivo Dias Loureiro é evocado pelo “primeiro-ministro” de Portugal como exemplo a seguir, o mesmo que aconselhava cavaco, o avisador. Este é o país tomado pela loucura e sob o chicote governativo de gente desprovida de vergonha na cara.

  4. joão lopes says:

    proximo convidado dos programas das desgraças das Julias/cristinas/fatimas está encontrado:ricardo salgado.já estou a imaginar as “choradeiras” das ditas “apresentadoras” e os titulos “cor-de-rosa” das ditas revistas.the show must go on…

  5. NIKO says:

    os desempregados que recebem subsidio sempre descontaram algum,ao contrário de muita gente que têm fortunas a sacar o dinheiro a quem confiou na banca. vamos apelar para que seja o FBI a investigar o caso B P N ,TECNOFORMA ,BES, BPP; TAP, ESTALEIROS DE V: DO CASTELO ,C: M: DE GAIA . ALBERTO J. JARDIM. CAMARA DE AVEIRO,ETC;ETC;ETC;

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.