Efectivamente: excepcionais


RTP excepcionais

There were more urgent emergencies than mine.

Sam Shepard

***

Esta imagem, do Prós e Contras de ontem, merece três breves comentários (*):

  1. Depois de ‘selecção‘, de ‘Egipto‘ e de ‘pára‘, voltamos a verificar que o AO90 não é nem adoptado, nem necessário.
  2. Devido ao AO90, em português europeu, é criada a grafia ‘excecionais‘ e eliminada a grafia ‘excepcionais‘— contudo, em português do Brasil, a grafia ‘excepcionais‘ mantém-se.
  3. Octávio Ribeiro é o autor da frase:

A nova ortografia só se estenderá a todos os textos do jornal, respectiva primeira página e manchete, caro Leitor, quando já ninguém estranhar a palavra “facto” escrita sem cê.

Continuação de uma óptima semana.

(*) O ‘contra-natura’ da frase de Ribeiro é extremamente interessante, mas neste momento há “more urgent emergencies”.

Comments

  1. Anasir says:

    Este indivíduo é um idiota… de facto. Se se desse ao trabalho de ler o Acordo Ortográfico, pouparia “figuras tristes” evitáveis na televisão… 😦

  2. Pior ainda que “exce(p)cionais”, é capaz de ser, por exemplo, “conce(p)ção” e “rece(p)ção, que no Brasil continuam com o P e cá perderam-no (para além de várias outras). Como vamos ensinar às nossas crianças (e distinguir nós próprios) que em conceção (ex-concepção) o E é aberto e relativo a conceBer, mas que em “concessão” o mesmo E é fechado e tem relação com “conceDer”? Como explicar também por que motivo se deve abrir o E da penúltima sílaba de receção (ex-recepção), relativo a receber, mas fechá-lo em recessão (diminuição económica prolongada)? São mais confusões à porta, tanto fonéticas como gráficas ou ainda semânticas.

    • Esqueci-me de acrescentar que estas e outras diferenças entre o Brasil e Portugal (sem falar de Angola e Moçambique que simplesmente não ratificaram o “acordo” e continuam com a grafia pré-AO), estas diferenças, dizia, visaram a “UNIFICAR” a Língua Portuguesa nos vários países………….

  3. Quando, no início dos anos 70, um novo Acordo Ortográfico eliminou os acentos grave e circunflexo em palavras com o sufixo “-mente” e com sufixos iniciados por “z” (-zinho, -zito…), foram inúmeras as confusões e os mal-entendidos. Ouvia dizer-se: já não há acentos em português, o acento circunflexo e o acento grave deixaram de existir, agora já não sabemos escrever, etc. etc.

    Assim, depois deste Acordo, qualquer palavra acentuada, que seja acrescentada de um sufixo (“-mente”, “-zinho”, etc.), perde o acento:

    só – somente; sozinho (antes do Acordo de 1971: sòmente; sòzinho)
    avô, avó – avozinho, avozinha (antes do Acordo de 1971: avôzinho; avòzinha)
    café – cafezinho, cafeeiro (antes do Acordo de 1971: cafèzinho, cafèeiro)
    cortês, órfão – cortesmente, orfãozinho (antes do Acordo de 1971: cortêsmente, òrfãozinho [NB: o til não é um acento] )

    Desta maneira, depois do Acordo de 1971, o acento grave (`) passou a existir, unicamente, nas seguintes palavras portuguesas: “à / às” e “àquele / àquela / àqueles / àquelas” (“eu vou à praia”; “eu vou àquela praia”)

    Se, nessa altura, houvesse Internet tal como hoje, os protestos seriam inúmeros – e muita gente revoltar-se-ia contra tal absurdo, “fruto do impulso de gente ignorante e com pouca cultura”, “nunca seremos colaboracionistas e cooperantes de uma ESTUPIDEZ deste calibre”, “Trouxe vantagens? Nenhumas. Nunca se escreveu com tantos erros em Portugal, como presentemente”, “Ó gentinha ignorante!!!!!! “, “Fique com a sua ortografia terceiro-mundista, que eu ficarei com a ortografia CULTA da Língua Portuguesa”…

Trackbacks

  1. […] Lembro-me bem da polémica e da indignação que não houve, quando o director do Correio da Manhã garantiu que […]

  2. […] dos arredores de Sa Rocca Tunda. Acabou por ser adiado para terça-feira. Exactamente: para hoje. There were more urgent emergencies than mine (*3), citando o […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s