O elogio do oportunismo na campanha da coligação PSD/CDS-PP

Elogio

Hoje liguei e televisão para ver o Ricardo Araújo Pereira na TVI e, depois de uma sessão de Cavaco contra Cavaco, assisti a algo que, apesar do nível primário a que a campanha da coligação PSD/CDS-PP desceu, não esperava ser possível. Aos 7.20 minutos do Isso é tudo muito bonito mas, surge um indivíduo, possivelmente candidato pela coligação, que nos brinda que esta pérola que entra directamente para o top 10 do elogio do oportunismo com requintes de estupidez:

[Pedro Passos Coelho e Paulo Portas] líderes que até revogam o irrevogável, porque acima dos interesses partidários, acima dos interesses e das qualidades pessoais, mesmo acima da palavra honrada que foi empenhada, acima de tudo isso está o interesse nacional.

Das duas uma: ou o individuo é parvo, ou obrigaram o homem a incluir este absurdo no seu discurso. Se assim não fosse, era impossível dizer sobre Paulo Portas, no contexto do seu grande embuste de 2013, que o interesse nacional esteve acima dos seus interesses pessoais. Alguém que explique ao homem que, para assim ser, Portas teria regressado ao seu lugar de Ministro dos Negócios Estrangeiros em vez de exigir a criação do posto de vice-primeiro-ministro. E que o que esteve acima da palavra honrada não foi o interesse nacional, foi mesmo a ambição de Paulo Portas.

A Portas o que é de Portas: “os quadros dos partidos (burgueses) normalmente são muito muito medíocres“. De outra forma era impossível haver quem se prestasse ao papel de surgir num comício da coligação PSD/CDS-PP a elogiar o esquema que este senhor montou para subir na hierarquia do poder governamental. A campanha do PàF atingiu um nível ridículo tal que já vale tudo, do primeiro-ministro de terço na mão a fazer a corte a idosos a quem cortou violentamente as pensões até a um indivíduo que elogia a revogabilidade da irrevogabilidade de Paulo Portas. Quanto imbecis engolirão este insulto?

Comments

  1. Jorge Ralha says:

    Se os ouvidos me não atraiçoam ….. Lobo Xavier …. !!!


  2. Mas o que mais me impressiona é que a coligação continua à frente nas sondagens…a carneirice do nosso povo é realmente o maior handicap deste país…mesmo que a natureza nos tivesse agraciado com um subsolo riquissimo em metais nobres e pudessemos colher 2 ou 3 colheitas por ano, haveria sempre quem açambarcasse tudo e a maioria iria apenas resmungar, culpar o destino e votar nos açambarcadores…está-lhes no ADN!

Trackbacks


  1. […] e perdas na bolsa no valor de 2,3 mil milhões de euros? É possível. De outra forma não engoliam palermices destas e reduziam os níveis de bazófia para mínimos condizentes com a sua actual dimensão […]


  2. […] PSD a pedir a cabeça de Passos Coelho caso a coisa não corra como esperado. Mas quando se engolem palermices destas, não nos podemos admirar com a aceitação que este tipo de aritmética imbecil possa ter entre as […]


  3. […] que o Paulo reiterava ter notificado o patrão por carta. Que bem que eles se entendiam e que simpáticos parvos os […]


  4. […] por muito que uns quantos profetas da seita tenham tentado transformar o golpe de Portas numa demonstração de patriotismo. Se um governo fragilizado e, recorrendo à novilíngua da oposição, refém de um pequeno […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.