Um Presidente, um Governo, uma minoria

Deixe o seu comentário.

Comments

  1. Joao says:

    O pior presidente da republica fez o que tinha que fazer, nomear o lider do partido mais votado.
    Cabe agora aos deputados correr com o governo.
    O problema é a forma como o Cavado faz as coisas.com um profundo desprezo pela a escolha democratica faz um apelo aos Assis do PS que viabilizem um Governo odioso.

  2. Joao says:

    Ah
    E vou adorar ver como respondem o conjunto dos deputados do PS, incluindo aquelo mocinho que se demitiu do Secretariado.

  3. Carvalho says:

    Devíamos pensar a sério em extinguir o cargo de presidente da República. Para que serve uma merda dessas?
    Se é para representar o país, ofereço a minha cadela. É muito mais sensata, não diz tanta asneira como o energúmeno que lá está e sai muitíssimo mais barata.

  4. Nightwish says:

    Quem achava que o homemzinho ia fazer outra coisa que não apoiar o clube tem andado a dormir nos últimos 30 anos.

  5. Sonia Cruz says:

    Benvindo à perda do tempo. Em nome da estabilidade e do País, disse o outro.

  6. Nightwish says:

    «Trata-se, aliás, de uma realidade comum e natural nas democracias europeias. Na verdade, se excluirmos os casos particulares da Suécia e da Dinamarca, países onde existe uma forte tradição de consenso político e social, todos os governos dos Estados-membros da União Europeia dispõem atualmente de apoio maioritário nos respetivos parlamentos. Alguns Portugueses podem não estar conscientes deste facto, e por isso repito: os governos de 26 países da União Europeia dispõem de apoio parlamentar maioritário. Não há nenhum motivo para que Portugal seja uma exceção àquilo que acontece em todos os Estados-membros da União Europeia.»

    Aníbal Cavaco Silva, presidente da República (Julho de 2015)

    • Nightwish says:

      Ops, já tinha sido linkado. O que fazem 3 meses ao pensamento de um hipócrita.

  7. Ferpin says:

    O Cabral falou de 2009.
    Se em 2009 o PSD CDs o be e PCP tivessem dito acabado que tinham uma solução majoritária, queria ver se o gajo tinha dado posse ao socras.
    Só deu posse ao socras porque era o único que podia governar ao centro, abstido pra por um ora por outro.

    • Ferpin says:

      O iPad troca as palavras.
      Cabral ainda aceito. Acabado em vez de ao Cavaco já não.


  8. Aí está ele a engolir o Bolo Rei mal mastigado. Tadinho não percebe nada de psicologia política. E parece que vai morrer assim e que seja muito breve

  9. Anasir says:

    No fundo, só demonstrou mais claramente do que o habitual que de democrata tem muito pouco… Já é mais do que tempo que o mandato dele acabe…

  10. pSalaberth says:

    Irrisório, e temporário espero. Problema é se PS continuar na senda do clientelismo e da tachada… Impõe-se uma real alternativa aos acomodados da Europa financeira e burocrática. E note-se que estas conversações à esquerda em nada se asemelham à fracturante coligação grega. Aqui a alternativa seria, creio eu, serena e perspectivada lá fora de outra forma. A lembrar o 25/04 onde se depôs ditadura quase sem sangue. A ver vamos.
    A esperança é a última a morrer, mas também Burro velho não aprende…