“Anti-europeísta”

A expressão “anti-europeísta” é de tal modo imbecil e vazia de sentido que só é usada por idiotas ou por quem quer manipular o outros e fazer deles idiotas. Cavaco Silva usou-a ontem. Mais uma vez.

Comments

  1. Hugo says:

    É como a expressão “acordo das esquerdas”.

    • joão lopes says:

      é como a expressão”ditadura de direita” inaugurada ontem pelo sr.cavaco.

      • Hugo says:

        Dar cumprimento à Constituição é inaugurar uma ditadura? A capacidade argumentativa neste blogue vai de mal a pior.

        • joão lopes says:

          o cavaco proibiu o PCP e BE de serem soluções de governo.chama-se ditadura a isto.

          • Hugo says:

            Experimentem ganhar umas eleições ou – sei lá – terem mais que 20% dos votos. Ou então, já que não têm força para tal, experimentem coligar-se com o PS ANTES do voto e assumirem-se como solução de governo em vez de manterem a atitude cobarde de se manter atrás da barricada a dizer mal de tudo e todos.

          • António says:

            Acordo antes das eleições? Porquê antes e não depois? Como se faz por essa Europa democrática fora. Ou só aqui em Portugal é que não pode ser? Não pode ser agora porque isso daria uma saída à esquerda, mas pode ser em 2011, quando o PSD e o CDS se coligaram após as eleições. Aliás, nessa altura, até o Paulinho dos Bonés, tinha outra opinião, Dizia ele então: ‘Quem forma uma maioria na AR é quem leva uma ao PR uma situação maioritária? Porque mudou agora de opinião? Porque não lhe dá jeito?

          • joão lopes says:

            caro hugo,o que esta dito,dito esta.experimentem formar governo…e governem.sabemos agora que o Paf atraves do discurso do cavaco proibiu o PCP e BE de serem soluções de governo.o paf quer a ditadura de direita,claramente

  2. Ana A. says:

    O sonho europeu transformou-se num pesadelo, por isso, o futuro passará por transformar a ditadura europeia numa democracia solidária ou então deixá-la! Aliás, ela deverá cair em breve de tão podre que está!

  3. martinhopm says:

    Sou anti-europeísta? Por um lado, sou europeu, pois nasci em Portugal, e Portugal faz ou não parte da Europa? Por outro, não concordo com o caminho que a dita UE está a tomar. Então, serei anti-europeísta? Aliás aquando da adesão à CEE/UE não me perguntaram nada. E não o deviam de ter feito?

Trackbacks


  1. […] se sabe que a expressão faz parte de um conjunto de chavões utilizados por pessoas perigosamente destituídas, mas não é má ideia pensar um pouco mais sobre o […]