Muito @ctual

picasso

© succession Picasso 2014 La Guerre (http://bit.ly/28KrnqB) & La Paix http://bit.ly/28JCm5j)

Peut-être sais-je jusqu’où je peux aller trop loin. Mais c’est un sens de la mesure. Je le possède peu fort.

— Jean Cocteau, “La difficulté d’être

***

Diário @tual. Exactamente: @tual. Se fizermos uma analogia com ‘actual‘ → ‘atual‘, então, segundo a base IV do AO90, a grafia ‘@ctual‘ será efectivamente substituída por ‘@tual‘. Sem cê, obviamente. O cê, esse obstáculo, esse empecilho. Uma chatice, diria o Ary. “That no good. Ugh”, na versão do Ginsberg. Pois. E ‘contactar’? E ‘contacto’? 

atual

Exactamente. Não, não foi gralha. Curiosamente, esta notícia já tinha sido aventada.

atual2

Sim, é recorrente e, como acontece no sítio do costume, há registos desde 2012.

Quanto ao sítio do costume, não houve novidades ontem,

dre2062016

não há novidades hoje

dre2162016

e, em princípio, não haverá novidades amanhã.

A ver vamos.

Deixar uma resposta