36ª Congregação Geral dos Jesuítas

A Companhia de Jesus (Jesuítas) vai realizar a partir do próximo dia 3 de outubro, em Roma, a sua 36ª Congregação Geral, tendo como primeiro ponto da agenda a eleição de um novo responsável mundial da Companhia, após a renúncia do padre Adolfo Nicolás.

O novo Superior-Geral dos Jesuítas, também conhecido por General, ou Papa Negro, vai ser escolhido por 215 jesuítas oriundos de 62 países e será eleito por maioria simples. Em 476 anos de existência, esta é a 36ª Congregação Geral da Companhia de Jesus.

O Papa Francisco é o primeiro Papa jesuíta da história da Igreja Católica e será ele o primeiro a conhecer o nome do novo Superior-Geral da Companhia, antes de este ser tornado público. É também do Papa Francisco o lema que presidirá à reunião magna de 3 de Outubro, inspirado num seu discurso, proferido em 2014, por ocasião dos 200 anos da restauração da ordem religiosa:

“Remando mar adentro”.

Qualquer que seja a posição que cada um tenha relativamente aos assuntos da Religião e da Fé, há factos históricos inegáveis. A Companhia de Jesus é uma das organizações mais sólidas e influentes da História, tendo desempenhado um papel decisivo no desenvolvimento científico, pedagógico, político, diplomático e até militar do mundo, desde o século XV até aos dias de hoje.

O bonezinho

À porta do restaurante, deparei-me com uma discussão entre um controlador de estacionamento e um arrumador, ambos muito solenes no exercício das suas funções, à volta de um carro com proprietário ausente. Desde que a Câmara do Porto concessionou o estacionamento a uma empresa privada, as ruas encheram-se de homens e mulheres apetrechados de coletes fluorescentes e com a identificação garrafal, nas costas: CONTROLADOR DE ESTACIONAMENTO. Os arrumadores não desapareceram, antes procuraram adaptar-se aos novos “partners”, como se diz em empreendedorês. Mas o arrumador, pelo menos este, o da discussão, possui por vezes um vínculo tácito com os seus clientes e rapidamente se solidariza com eles contra a figura do controlador. A discussão era toda cheia de salamaleques, porque o arrumador é um moço que está limpo há anos, e tem orgulho em trabalhar só com doutores e engenheiros. Era “o indivíduo” para cá, “a viatura” para lá, “o tiquê de estacionamento” para acolá, com o controlador muito imbuído do seu papel institucional e o arrumador inflado de uma dignidade que não dependia de coletes. Tive pena de não poder almoçar lá fora só para poder acompanhar a discussão. Mas não tinha tempo a perder e era dia de tripas. Já no restaurante, cruzei-me com um velhinho, de saída, mas que logo voltou atrás porque lhe faltava o chapéu. [Read more…]

“Manifestantes em fúria contra Secretária de Estado da Educação” – para reflectir!

centro-escolar-gandarela

Miguel Teixeira

Tenho todo o respeito e compreensão (não na forma , mas no conteúdo) como professor da área de influência da Escola Básica de Gandarela, a que pertence a Escola E B 1 do Rego, pela luta dos pais contra o encerramento do estabelecimento de ensino da freguesia. Afinal, qual é o encarregado de educação, que podendo ter o educando na freguesia, gostaria de o ver deslocar-se para o novo e moderno Centro Escolar da Gandarela a cerca de 4 Kms do Rego? No entanto, já não tenho a mesma compreensão e entendimento relativamente à posição da Câmara Municipal de Celorico de Basto. A questão é simples e explica-se em poucas palavras: a autarquia de Celorico com o apoio do Estado abriu há cerca de 4 anos um moderno e bem equipado Centro Escolar na Vila de Gandarela de Basto, um investimento de centenas de milhar de euros, que veio melhorar as condições de todos os que lá trabalham e é um verdadeiro orgulho para a Comunidade Educativa da área de Gandarela. Um verdadeiro “Hotel 5 estrelas”, que eu já tive oportunidade de visitar, com espaços amplos e salas arejadas , recursos educativos de primeira geração, com aquecimento de topo, tendo em conta os invernos frios, húmidos e por vezes rigorosos da Gandarela.
[Read more…]

Amigos, amigos, postas à parte

Ora vejam lá se não é de subscrever, integralmente, esta “posta dos nossos adversários de momento.” Só por isso já merecem ficar em segundo.

Diz que é uma espécie de TSU

Luis Marques Mendes em entrevista com Tania Madeira . Conversas com vida .

Foto: Paula Nunes@Diário Económico

Num momento de singular inspiração, Luís Marques Mendes teve este apontamento, digno de figurar na saudosa rúbrica “Concatena, filho, concatena“:

Este imposto sobre o património é uma espécie de TSU de António Costa.

Apesar de há muito viver rendido à perspicácia do barão do PSD, suspeito que Marques Mendes se tenha esquecido de pensar antes deste momento de profecia futurológica. É que, em 2012, a tentativa de Pedro Passos Coelho de retirar rendimentos aos trabalhadores para aliviar a pesada austeridade que pendia sobre os patrões foi, em certa medida, o início do fim político de Pedro Passos Coelho. Encheu ruas e praças por todo o país, com os números a atingir as centenas de milhares de manifestantes. Honestamente, e talvez esteja errado, ou não fosse eu um esquerdalho patego, tenho algumas reservas quanto ao efeito mobilizador de um imposto residual, cobrado a uma ínfima parte da população e cuja condição multimilionária não sei sequer beliscada, no seio da população portuguesa.  [Read more…]

Shimon Peres (1923 – 2016)

sp

You are only as a great as the cause you serve.

Foto: Associated Press@Tablet

Excitante

Da melhor música que se faz em Portugal. Com a colaboração de Brian Eno.