São Miguel Arcanjo

São Miguel Arcanjo, escultura de António Teixeira Lopes

São Miguel Arcanjo, escultura de António Teixeira Lopes

 

Celebra-se no próximo dia 29 de Setembro São Miguel Arcanjo.
Na imagem, a escultura de António Teixeira Lopes, do espólio da Casa-Museu com o mesmo nome, em Vila Nova de Gaia.
Uma peça magnífica e a revisitar.

A traição de Carlos Moedas

cmppc

Foto: Rui Gaudêncio@Público

Longe vão os tempos em que, numa qualquer reunião de personagens sinistras, alguém sugeria “pôr o Moedas a funcionar”. Carlos Moedas continuará fiel aos princípios que sempre o nortearam política e ideologicamente, é certo, mas algo de muito estranho se passou para que, totalmente desalinhado com o discurso dos seus amigos e companheiros, outrora governantes falhados, hoje profetas da desgraça igualmente incompetentes, tenha protagonizado tamanha traição.  [Read more…]

O Jogo das Contas de Vidro

 

Este livro resultou na atribuição do Prémio Nobel da Literatura a Herman Hesse, em 1946. Abre com uma citação de Albertus Secundus, presumivelmente uma personagem criada pelo próprio Herman Hesse. E diz assim:

“…pois de certo modo é mais fácil e irresponsável à gente frívola descrever por meio de palavras as coisas não existentes do que as existentes, mas para o historiador piedoso e consciencioso é completamente diferente: nada se furta tanto à descrição por meio de palavras e nada é tão necessário pôr à frente dos olhos dos homens do que certas coisas cuja existência nem se pode provar nem demonstrar, mas que, justamente porque os homens piedosos e conscienciosos as tratam como existentes, dão mais um passo para o ser e a possibilidade de nascer.”

O livro de Herman Hesse, O Jogo das Contas de Vidro, editado em Portugal pela Dom Quixote, parece não ser fácil de encontrar. A citação feita acima foi retirada da 7ª edição, que já é de Outubro de 2008 e repousava num armazém.

Mas a leitura vale a pena.

Sovieticamente implacável

Como qualquer esquerdalho de bem, sou um grande apreciador do trabalho audiovisual do Luís Vargas, outro esquerdalho, perigosíssimo, que habita a Geringonça virtual. Todas as semanas, sovieticamente implacável, Vargas alia factos cirurgicamente ignorados pela imprensa mainstream a doses industriais de humor e a uma cuidada sonoplastia que, em poucos minutos, deita por terra páginas e páginas daquela propaganda barata que a direita radical encomenda ao seu esquadrão de comentadores e cronistas, e que todos os dias nos entra em casa, sem pedir licença, contribuindo para a desinformação e manipulação da opinião pública. [Read more…]

Da estalinização em curso

Governo ultima processo de legalização da Uber e Cabify. Entretanto, no planeta dos unicórnios alucinados, os sindicatos são quem mais ordena.

O sonho comanda a vida

Gôndola Voadora de Bartolomeu Lourenço de Gusmão

Gôndola Voadora de Bartolomeu Lourenço de Gusmão

 

Bartolomeu Lourenço de Gusmão, padre jesuíta, regressou a Portugal, vindo da Bolívia, em 1708, trazendo consigo os planos de construção de um estranho objecto voador.

Produziu um relatório para o rei D. João V onde explicava as vantagens de um investimento do reino no seu projecto, vantagens essas que seriam, na ideia do jesuíta, a possibilidade de efectuar viagens longas pelo ar, encurtando o tempo que levavam a completar por terra, atravessar mares e montanhas “para lá das 200 léguas por dia”, dirigir exércitos, socorrer locais cercados, atingir os pólos do planeta, transportar mercadorias e, em resumo, conferir a Portugal a supremacia no ar, semelhante à que, noutros tempos, tivera sobre os oceanos.

[Read more…]

Carta do Canadá – Pesada herança

A tempestade arruaceira que os dirigentes do PSD e do CDS fizeram por causa das declarações de Mariana Mortágua no último congresso do PS, merecem ser analisadas.

Gritar histericamente que com essas declarações regressavam os tempos do estalinismo e o assalto à propriedade privada é, em 2016, mais do que despropositado: é estúpido. Mais estúpido ainda porque os autores da balela sabem muito bem que não é assim e estão a usar uma arma de arremesso salazarista que, como foi provado em 1974, não funciona. O comunismo, o fascismo, o nazismo, não se evitam com atoardas para amedrontar. Evitam-se com governação séria, competente e transparente que garanta aos cidadãos liberdade de expressão e reunião, igualdade perante a lei, direito a habitação, saúde, trabalho, ensino e apoio social em caso de fatalidade, assim como uma digna representação do  país no mundo e respeito por todo e qualquer cidadão. Governações injustas é que dão origem a extremismos de má memória.

[Read more…]

Sobre a ameaça da tributação soviética

pb

Paulo Baldaia, esse perigoso marxista-leninista, expõe, com clareza, a forma como a opinião pública tem sido manipulada no seguimento das polémicas declarações de Mariana Mortágua. Vale a pena ler o artigo na íntegra.