Os negócios de Durão, o primeiro-ministro, e o Goldman Sachs


caros e ruinosos, pois claro.

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Verdadeiros casos de polícia e actos de corrupção ou pelo menos, de gestão danosa, que a nossa Justiça não trata.
    E a verdade é que ninguém apresenta queixa, porque a nossa classe política prefere ficar no ponto de não saber rir se chorar ou seja, “caçar pokemons”.
    E depois falam da crise… e em taxar as “fortunas imobiliárias “.
    Grandes preocupações …
    Os corruptos têm lata e os políticos actuais, imaginação…

    • E que ninguem tem que apresentar queixa, ou não DEVIA SER NECESSÁRIO tal quesito, dado que o acto configura , ao limite, fortissimos indicios de GESTÃO DANOSA o, no minimo tráfico de influências, classificados no ordenamento juridico como crime publico. DEMAIS E AINDA QUE CONSIGAM “CONCEITUADOS” JURISTAS ultrapassar esta situação, impõem-se a pergunta : Porque pagam os nossos impostos salários e mordomias a DUZENTOS E TRINTA DEPUTADOS, se nenhum deles apresenta a tal QUEIXA????? perante estas INFORMAÇÕES vindas a publico?

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        Pois terá razão, mas quando são os escritórios de advogados onde se instalam os nossos deputados que fazem as leis da República, ficamos conversados…
        E o supremo representante da Nação que tanto fala… também anda a caçar “pokemons” …

  2. Rui Naldinho says:

    A laranja mecânica cá do sítio sempre nos tentou vender a ideia de que os negócios ruinosos deste país foram todos feitos por José Sócrates de Sousa e sus muchachos. Admitindo que o ex primeiro ministro tenha uma boa quota parte nessa matéria, os anteriores governos não saem incólumes na destruição da nossa economia. Acresce que Durão Barroso só cà andou dois anos e meio, e foi o que se viu. Sócrates teve seis. Naturalmente os estragos são maiores. Analisando bem o historial de negócios que foram efetuados ao longo do tempo, e nos deixaram a pagar estas rendas intermináveis e de elevada monta, de Cavaco Silva com a Lusoponte, a Paulo Portas com os submarinos, passando por Sócrates, Durão Barroso e Guterres, nenhum pode atirar pedras para o ar.
    Durão Barroso sempre foi um camaleão, e não um cherne com infelizmente a sua falecida esposa o alcunhou. O homem que quis tirar o país da tanga, acabou a tratar da sua vidinha marimbando-se para o país. E pela Europa pouco ou nada fez. Sempre metido nos eventos políticos mais controversos para salvaguardar a sua carreira pessoal. A Goldman Sachs é o culminar de uma vida ao serviço do poder financeiro.

  3. Com esta classe politica de primos e primas com cunhados e irmãos à mistura o que poderíamos esperar desta situação em que vivemos ???

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s