Salman Rushdie em Óbidos


salman-rushdie

Momento alto e totalmente casual de uma visita a Óbidos, onde decorre o Festival Literário Internacional de Óbidos (Folio): o evento com Salman Rushdie (ainda com a cabeça a prémio por 4 milhões de dólares),  para um público de mais de 400 pessoas, maioritariamente jovens (lotação esgotada).

Sem qualquer pretensiosismo e com um notável e saudável humor, Rushdie não falou apenas de literatura, do “maravilhoso” mundo do facebook – esse mundo cor-de-rosa no qual confessar que não se está bem é quase obsceno -, do recrudescimento inesperado da religião e das formas que assume (IS, hinduísmo na Índia…), mas vai dizendo coisas lapidares como: “we are living in a dark age (…) this is the worse time that I remember” e denuncia os “falsos profetas” (Marine Le Pen, Trump, Boris Johnson…), cujo discurso é muito similar aos que foram proferidos  “da última vez”… mas sublinha: “history is not inevitable, history is not running on tram lines”.

Ou seja, o rumo da história depende também de todos nós, juntos.

Comments

  1. Nascimento says:

    O que mais sobra disto: “lotação esgotada”… até me venho! Que GURU! O máximo.O nojoj´vendeu” muito? Está na MODA? Já PASSOU HÁ HISTÓRIA? Afinal o que é que o senhor rabiscou?
    UI, veio-se em” OBIDOS” e, já agora, onde fica 0bidos? E PORTUGAL?Badamerda.NEM OS TALIBANS QUEREM SABER DESTA MERDA.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s