So long, and thanks for all the tuna

População de atum no pacifico caiu 97% em relação aos níveis históricos.

Passagem por Peniche

banca peniche

É a história banal de uma cidade enormemente degradada por há muito ter entrado em declínio a sua principal actividade económica – a pesca – e não haver (ainda) alternativas que possibilitem uma recuperação. Apesar de ser até hoje um dos principais portos de pesca portugueses, a actividade no porto de Peniche foi drasticamente reduzida: dos 80 barcos de pesca da sardinha que existiam há 40 anos, restam hoje 8, segundo nos diz um velhote no jardim. Quanto à indústria conserveira, que chegou a ter perto de uma vintena de fábricas de transformação e conservação de sardinha, restam hoje duas ou três. A maior delas, a ESIP, é detida por capitais tailandeses do maior grupo mundial  de conservas. “A sardinha vem de Marrocos já preparada e prontinha para ser enlatada em Peniche”, acrescenta o velhote. A queda dos stocks de sardinha desde 2006, que atingiu agora mínimos históricos, levou nos últimos anos à imposição de quotas para a pesca deste produto. [Read more…]

O mar-mãe

A-Mae-e-o-Mar-Poster

Um seminário itinerante vai percorrer o País pensando o Espaço e a Paisagem no cinema português, território em que desde logo cabe o mar, sendo-lhe dedicada a primeira sessão já no próximo dia 17 de Setembro no Museu Marítimo de Ílhavo, um dos mais belos e importantes lugares de memória de Portugal. [Read more…]

Vamos salvar as baleias?

Petição para assinar, ajude a salvar as baleias! Sabe que as baleias não fazem mal a ninguem, nem afundam barcos, só lutam quando são feridas. Eu já estive a dois metros de uma baleia mãe com o seu filhote de duas toneladas a olharem para mim, passavam por baixo do barco e ficavam do outro lado, e voltavam para me observar, até que outras pessoas saíram do quentinho da cabine e se juntaram a mim. Então a mãe e o bébé afastaram-se uns metros e deram-nos uma lição extraordinária. A mãe baleia voltou-se de barriga para cima e deu de mamar ao bébé.

O único animal que é predador somos nós os humanos, fazemos mal porque sim!

Cantareira – Foz – Porto