Greve aos Domingos?

Para as almas que sempre aparecem quando as greves alastram queixando-se dos prejuízos para o país, valha-me deus, dizendo dos grevistas o que não dizem dos banqueiros, sobra por vezes um argumento fantástico: os malandros marcam as greves em datas que permitem prolongar um fim-de-semana ou fazer uma ponte (heresia máxima, esta).

Tenho visto exemplos de irracionalidade maior, mas raramente tão parva.

Vamos lá ver o que é uma greve: é uma falta ao trabalho. Falta que acarreta perda do salário desse dia de trabalho.

Ora se eu prescindo de um dia de salário, porque não há-de coincidir com o dia em que me dá mais jeito não ir trabalhar? Qual é o problema de prolongar o fim-de-semana? O trabalho à segunda-feira tem alguma diferença em relação ao de quarta?

Patetas são os sindicatos que com medo desta opinião pública marcam mesmo as greves para o meio da semana. De cedência em cedência ainda acabam a marcar greves para o Domingo. Ou seja, perco um dia de salário, e nem um dia de descanso ganho. Só falta.

Comments

  1. maria monteiro says:

    os hipermercados bem podia fazer greve aos domingos

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Greve aos Domingos?: Para as almas que sempre aparecem quando as greves alastram queixando-se dos prejuízos para o… http://bit.ly/cnjPhP […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.