Assim, sim!

Segundo “fontes bem informadas” e alguma imprensa, o papel de Marco António Costa na decisão do PSD no tocante às SCUTs foi fundamental.

Numa primeira fase os deputados Adriano Rafael e Agostinho Branquinho foram fundamentais – lembro a visita à Maia do Grupo Parlamentar do PSD e os consequentes requerimentos na Assembleia da República. Recordo a forma como ficaram sensibilizados para a matéria.

Nesta fase final, com o PSD em negociações com o Governo, o facto de Marco António Costa conhecer muito bem a realidade e dela não se ter esquecido, bem pelo contrário, foi determinante para sensibilizar toda a Direcção Nacional e, dessa forma, evitar uma gritante injustiça.

Ora, ficam assim provadas duas coisas: a importância de se conhecer a realidade e a existência de verdadeiros representantes das populações que os elegeram. Numa época em que todos nós criticamos os eleitos por se esquecerem de quem os elegeu, devemos enaltecer aqueles que contrariam essa regra.

Na altura sublinhei a importância da eleição de Marco António para Vice-presidente do PSD e alguns cépticos manifestaram a sua estranheza pela minha posição nas respectivas caixas de comentários. O tempo deu-me razão. Espero que agora compreendam.

Comments

  1. Luís Moreira says:

    Eu é só por causa do nome. A sociedade civil quando se mexe, mete medo, mas andamos as mais das vezes a dormir…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.