From Belgium, without shame!

Didier Reynders e Durão Barroso

didier reynders barroso

Reuniram-se em Bruxelas os Ministros das Finanças da zona Euro. O anfitrião belga, Didier Reynders, defende que, depois da Irlanda, é preciso “encontrar uma solução para Portugal”. E eu replico: “É preciso falta de vergonha para tal afirmação, por parte de qualquer belga quanto mais do ministro das finanças!”.

De facto, através de simples dados, relativos ao período de 2000 a 2009, é mais do que evidente de que a Bélgica, com uma população total semelhante a Portugal, tinha em finais de 2009 uma dívida bruta superior (dívida bruta): 326.555 M de euros contra os nossos 127.907 M. Reconheça-se que o PIB per capita belga, em declínio dos 128 de 1995, atingiu em 2009 o valor de 116 – avaliação em PPS (Padrões do Poder de Compra) – enquanto Portugal se limitou a 78 unidades. Mas ainda assim, há a destacar que, nas contas de 2009, a dívida da Bélgica representava 96,2% do PIB, ao passo que esse indicador para Portugal, na mesma data, se fixava em 76,2% (dívida bruta em % do PIB).

Ao observar com rigor tais dados, sugerimos que, se o Sr. Reynders está muito empenhado em que o FMI venha para Portugal, em coro com o decrépito Medina, melhor seria que se preocupasse com a sua Bélgica – “O Estado sem Estado”, classificação apropriada de Tony Judt, a pgs. 242  de ‘O Século XX Esquecido’.

Estava, ainda, capaz de formular um pedido ao Barroso: “Em vez da mão, aperte-lhe o pescoço”. Embora muito corajoso, não é homem para isso; sobretudo, desde que saiu do MRPP. E, muito menos, depois do rendimentozinho da ‘Eurocracia de Bruxelas” que o ajuda a ele e à formação do PIB belga?

Comments


  1. Caro Amigo,

    Com todo o respeito…..acha a sua exª deveria voltar a tirar um curso economico……lol
    Comparar a Belgica a Portugal e uma fantasia…….
    Para a sua informacáo a Belgica e o primeiro pais exportador no mundo por habitante …..e a sua organizaçao e produtividade entre outros factos nao tem nada a ver com Portugal……..A questao e a confiança que se tem de um pais e a sua capacidade de reembolsar as suas dividas que e importante……e ai …Portugal esta muito fraco…..
    Temos de relembrar que Portugal foi assistido pela CEE durante anos com injeçao muito dinheiro para chegar aos padroes europeus…….e isso nao e bem o caso da belgica………..
    E preciso reconhecer as suas fraquezas para as resolver………e evoluir…..
    Orgulho e bom mais e precisa abrir os olhos.

    com toda a minha consideraçao.

Deixar uma resposta