Wikimbecilidade

Os últimos ficheiros divulgados pela Wikileaks estão a despoletar o imbecil e ignorante que pode existir num jornalista perto de si:

Empresas que albergam servidores do Wikileaks estão a deixar de o fazer
Depois da Amazon, agora é a Paypal que se recusa a albergar a Wikileaks no seu portal.

Esta é da SIC. Uma procura de localização da Interpol é um mandato de captura, sexo consensual com suposto rompimento de preservativo é violação.

Isto no intervalo do que realmente interessa,  tentar que os 0,1% de telegramas já publicados passem por coisas sem interesse nenhum: tipo Kadhafi é um grande fã de flamenco. Quando chegarmos aos 10% ainda se descobre que Cavaco, o sr. Silva, tem algumas dificuldades em decorar os autores dos livros que lê.

Algo medieval…

Os controladores ficaram doentes. Coitaditos.

O governo espanhol idem.

Para grandes males, grandes remédios

Se o Wikileaks incomoda muita gente…

Primeiro, a Amazon retitou ao seu cliente Wikileaks a possibilidade de continuar a alojar nos seus servidores (AWS) as páginas do site. Depois foi o site Paypal, utilizado para donativos, que recusa processar mais pagamentos. Ambos alegaram violações à sua política de utilização. Uma vez que o Wikileaks apenas está a fazer o que sempre fez, o argumento utilizado não passa de uma treta.

Logo, são opções tomadas após inevitáveis pressões.

wikileaks_0412

Só não tenho a certeza de onde tenham chegado as maiores pressões: se da administração norte-americana, pela divulgação de 250 mil documentos da diplomacia dos EUA, se das todas poderosas entidades bancárias. É que o Wikileaks já anunciou que a próxima vítima é um grande banco.

Sá Carneiro morreu há 30 anos – brevíssima biografia

Francisco Manuel Lumbrales Sá Carneiro nasceu em 1934 no Porto, morreu em 4 de Dezembro de 1980 em Camarate, concelho de Loures.
Licenciado em Direito, exerceu advocacia na comarca do Porto. Entre 1969 e 1973, integrou a Assembleia Nacional, como Deputado independente da Ala Liberal. Foi um dos fundadores do PPD, em 1974, e o seu primeiro Presidente.
No I Governo Provisório, foi Ministro Adjunto sem Pasta. Tentou desde cedo «clarificar» a situação política, vincando, em Novembro de 1975, que era possível e mesmo necessário governar sem o PCP. Esteve na Assembleia Constituinte e foi eleito Deputado nas 2 primeiras Legislaturas da Assembleia da República.
Em 1979, criou a AD, juntamente com o CDS e o PPM. Nas eleições legislativas de 1980, vence com maioria absoluta e torna-se o Primeiro-Ministro. O seu Governo, o VI, ficou marcado pelas difíceis relações com o Presidente da República, Ramalho Eanes.

[Read more…]

Hoje nasceram galinhas com dentes

galinha com dentes – No dia em que eu concordar com um membro deste governo em geral e do seu Ministério da Educação em particular as galinhas vão ter dentes – disse isto há uns anos, não sei onde mas é fácil de entender porquê.

Ora o artigo de opinião de Trocado da Mata, Secretário de Estado da Educação, que ontem saiu no Público levanta este complexo problema eco-lógico. Tirando uns pormenores, assino por baixo o que o homem escreve, e sublinho o arrasador desmentido da treta do custo do ensino privado.

Aqui o transcrevo.

Regras mais simples e justas no financiamento das escolas

[Read more…]

As parcerias público-privadas são verdadeiramente vergonhosas

Ferreira do AmaralRelata o Diário As Beiras (sem link que a notícia não está online) de ontem que “Carlos Moreno, juiz do Tribunal de Contas, não esteve com meias medidas e afirmou em Coimbra que as parcerias público-privadas são”verdadeiramente vergonhosas e que o estado tem o dever de as renegociar”.

“Portugal é o campeão europeu das parecerias público-privadas”, explicou, sublinhando que o seu valor ascende a 1 500 mil milhões de euros, enquanto em França não chega a 500 mil milhões de euros. Em Espanha e Itália as parcerias são de 289 mil milhões e de 66 mil milhões de euros respectivamente. (…) O juiz recordou que a primeira parceria deste tipo foi feita em 1992 para a construção da Ponte Vasco da Gama, numa altura em que não existia legislação.

Mais umas achegas para a História do capitalismo nacional: sempre encostado ao estado, mamando do estado, e roubando o estado. Ferreira do Amaral num país de leis já teria sido julgado. Em Portugal foi imitado e seguido. Mas claro que a culpa da crise é do “estado social” etc. etc. Filhosdaputa.

Adenda: Lembra-me o Helder Guerreiro  que 1500 mil milhões de euros é “umas 10 vezes o PIB”. Provavelmente será uma gralha do jornal, mas o que conta é a relatividade dos números, digo eu.

I-See-19 Tales #33 –Cortes salariais

IC-19-Tales #33 As excepções

few more days you shall be playing with May Malen

May Malen enjoying her first avocado pear

It’s far from being easy to imagine how kids from different ages can enjoy being together! Of course there are hierarchies, being Tom with his ten years, the head of the group, the one who commands, the puberty child who has to think on what to do with the whole family of female’s sister and cousin. I am more than sure that he will be as tender as he is with Maira Rose, his only sibling as sister. Alas! Maira Rose has seven years of age and knows very well how to imitate her elder brother. And yet, there is no place for disgust as parents in their endless understanding, would rush to put a lot of peace amongst you all. Not punishing whatsoever or shouting at the kids. Papa Cristan, my son-in-law and Mum Paula my eldest daughter, know very well how to deviate your attention into another set of interest for you three to forget the reason of your unbalance. Same as my other son by law, married to my youngest daughter, Camila, know how to support little May Malen. She tires every one, but never her parents.
[Read more…]