Rota do Património da Humanidade do Vale Internacional do Douro/Duero

Já em tempos aqui antecipei (tendo sido na altura muito bem secundado por  Daniel Rodrigues) esta verdadeira “vantagem competitiva” que é a feliz concentração de locais classificados pela UNESCO em toda esta grande região. É com alegria que vejo materializar-se este desiderato estratégico para a indústria turística regional através de uma associação de entidades portuguesas e espanholas. É assim que as coisas devem ser: com visão, horizontes abertos, ultrapassando as fronteiras artificiais que nos tolhem, em rêde. A estratégia regional terá sempre que ser construída nestes moldes. Afinal estamos posicionados geograficamente num dos mais importantes “nós” da Ibéria. [Read more…]

Vá passear

É certo que está um frio bom para pinguins e que férias são só para quem as tem. É certo que o pessoal aperta o cinto e que para o ano vai ser pior, ao que se diz. É certo que a gente anda de trombas e há quem não veja saída, nem entrada, nem veja nada. E é bem certo que há muito quem fique mal disposto e lhe dê azia por ver outros que se divertem e se passeiam.

Mas também é certo que há quem não esgote a vida apenas fazendo contas a amanhãs que já não cantam. E há quem viva durante a crise por poder estar morto depois dela (pois para morrer parece  – há quem diga transparece – que basta estar vivo). E consta que há vida para além do pessimismo, como muito bem diria o outro, ou outro em seu lugar.

Porque há toda uma indústria (não, não vou escrever panóplia) de coisas para fazer e viver que também passa dias difíceis. Há muito que fazer no Algarve, muito que experimentar no Douro e muito que viver na serra.

É por isso que lhe digo caro amigo, aproveite se puder, e vá passear.

Este ano não há Pai Natal

A responsabilidade é da polícia britânica, embora esta acuse os estudantes de terem envolvido o Pai Natal nos seus protestos.

Lei das garantias de móveis e imóveis: o prazo para reparação ou substituição de coisas móveis

Os consumidores desesperam porque, por vezes, ao pretenderem fazer actuar as garantias dos equipamentos que adquirem, os prazos alongam-se desmesuradamente, campeando a maior impunidade.

Nem sempre sabem, porém, que direitos têm neste particular.

E é necessário esclarecê-los para que ajam de modo conveniente sempre que resistências se registem ou sobrevenha o incumprimento ou a inobservância das regras mais elementares vertidas a este propósito.

O que diz a LG – Lei das Garantias? [Read more…]

Como se dorme na Suécia?

Desengane-se. Aqui não vamos falar sobre o caso de Julian Assange. A palavra ‘dormir’ não vem aqui num sentido figurado mas sim na sua verdadeira essência.

dormir_1512

Sabem aquela coisa de dizer que dormir bem, além de fazer bem à saúde, torna as pessoas mais bonita? Parece que é verdade. Há mesmo um sono de beleza. Pelo menos é o que garante um grupo de cientistas depois de um estudo experimental liderado por John Axelsson, do famoso Karolinska Institute, da Suécia.

O estudo concluiu que que as pessoas que dormem mal “parecem menos saudáveis, menos atraentes e mais cansadas quando comparadas com quem descansa bem”. Foi assim na Suécia.

Our findings show that sleep deprived people appear less healthy, less attractive, and more tired compared with when they are well rested. This suggests that humans are sensitive to sleep related facial cues, with potential implications for social and clinical judgments and behaviour. Studies are warranted for understanding how these effects may affect clinical decision making and can add knowledge with direct implications in a medical context.

Agora vamos lá a uma beleza de sono. Até amanhã.

A fuga


Algo de muito indecente se está a passar em Portugal. Além de Bruxelas, chegam outras notícias semelhantes de Berlim e de outras capitais de países onde se recebem salários indubitavelmente superiores aos nossos. Aqui está um exemplo da boa governação que Portugal tem tido ao longo das últimas décadas:

“Há 3 anos que arrasto um problema dos grandes: uma acção de despejo que a minha senhoria me pôs. Saiu agora a sentença: vou para a rua (ao fim de 37 anos). O senhorio era o pai, enquanto usufrutuário e ele morreu. Pela nova lei do arrendamento ela pode fazê-lo, porque a protecção dada a quem tem mais de 65 anos ou 35 de arrendamento, acabou.
Escrevo-te da Bélgica. Vim passar o Natal com a minha irmã e tratar da minha vinda para cá. Aqui as casas são ao mesmo preço, mas inclui água quente e fria e aquecimento central; isso diminui muito a factura da electricidade. O ginásio que tenho de frequentar sempre é a menos de metade do preço. Até a comida do gato é 10 euros mais barata. A vida é mais fácil. O pior é deixar os amigos e os coros, embora aqui depressa arranje outro. E muitas outras ocupações.”

Estas linhas foram escritas por uma senhora que ultrapassou os setenta anos de idade e é amiga dos meus pais. Afinal, não são apenas os ex-pastores, ex-empregados de limpeza, operários desempregados e recém-licenciados a abandonar o nosso país. Bem vistas as coisas, os portugueses estão agora a fugir da fome e da espera da morte ao relento. Há que pôr cobro a isto.

O técnico dos lagartos e das maçãs podres


Na minha terra, os adeptos do clube das maçãs podres são conhecidos como largatos. Não é erro, é mesmo largatos.
Pelos vistos eles não gostaram. Mas foi muito giro ouvir um jornalista chamar-lhes lagartos, têm de admitir que foi.
Agora se percebe a analogia de José Eduardo Bettencourt. Dentro das maçãs podres, costuma haver lagartos!
Cá por mim, António Cancela forever…

A Isabel Moreira disse que o Primeiro-Ministro não é mentiroso

Em resposta ao Daniel Oliveira, ainda sobre o Wikileaks, a Isabel Moreira disse que o Primeiro-Ministro e o Ministro dos Negócios Estrangeiros não são mentirosos.
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
A sério, disse mesmo. Mas ainda não consegui parar de rir.

[Read more…]

Pisolim

pisolim

pisolim
(italiano pisolino)
   s. m.
  
1. Torre inclinada de onde os acrobatas formam os saltos estatísticos
   2. Fig. sucesso educativo feito de estatísticas

A caminho da felicidade

escravos, china, 2010

Quando o honrado empresário português tiver todas as leis para despedir, sem indemnização, o colaborador com quem embirrou pela manhã, quando o subsídio de desemprego encolher de vez e se reduzir a meia-dúzia de meses, quando tivermos um milhão de desempregados, esta espécie de gente continuará a pedir mais flexibilidade nos despedimentos, porque sim, porque só assim se criarão novos postos de trabalho, e todos serão contratados a prazo pelo novo salário mínimo de 200 euros, e o desemprego baixará.

Então as multinacionais deslocalizarão umas fábricas para Portugal e algumas economias emergentes, esclavagistas e asiáticas, tremerão com a ameaça da nossa concorrência.

Já faltou mais.

cortes selectivos

Natal.mito, ritual ou processo comercial?

se for ritual, não esqueça o Orçamento de Estado de 2011...

Para os meus netos Tomas e Maira Iturra van Emden e à preciosa nova neta May Malen Iturra Isley

Em 1260, na sua obra Provérbios, Tomás de Aquino escreve elementos do que viria a ser a sua obra O Catecismo, editado pelos Frades Dominicanos e mais tarde, em 1878, pelo Papa Leão XII, nascido a 20 de Fevereiro de 1878, foi eleito sucessor do Papa Pio IX. É frequente referirem-se ao Papa Leão XIII por suas duas importantes encíclicas: Rerum Novarum, a de 1891, sobre os direitos e deveres do capital e trabalho, em que introduziu a ideia da subsidiariedade no pensamento social católico e a Aeterni Patris, de 1879, sobre a Filosofia, onde destaca a importância do retorno à Filosofia de São Tomás de Aquino do Vaticano, a sua primeira preocupação é declarar a obra de

[Read more…]

Upload Lisboa 2010

Foi com um largo sorriso que reagi quando ao chegar ao Porto, vindo do Upload Lisboa 2010, deparo com as luzes do Dragão, bancada a bancada, a apagar. Um final perfeito de viagem no dia em que troquei mais um espectáculo de gala no Dragão por uma palestra no muito bem organizado Upload Lisboa.

Uma espécie de mensagem subliminar do Dragão, estilo “Estás perdoado, pá” e no fundo até estou: sempre fui explicar, a propósito da morte do assessor de imprensa, que o consultor de comunicação é um maestro e socorri-me do exemplo de Jorge Nuno Pinto da Costa para exemplificar o que é o maestro dos maestros: Aquele que, como Pinto da Costa, pode até nem ser “grande espiga” a chutar numa bola mas sabe mais de futebol que o Mourinho e o Cristiano Ronaldo juntos.

Tal como aqueles jogadores que já em férias são convocados de repente para substituir um colega lesionado, eu fui chamado a comparecer no Upload Lisboa (Reitoria da Universidade Nova de Lisboa) para encerrar o mesmo com uma intervenção subordinada ao tema “A Morte do Assessor de Imprensa”. Foi uma espécie de visita de médico e dei por muito bem empregue o meu tempo: estive com o Rodrigo (o culpado), finalmente conheci pessoalmente a Jonas (já estou desculpado?) que não sei se é uma mulher do norte mas a fibra está lá toda; conheci a Ana (responsável do Facebook do Sapo) que é uma simpatia assim como a encantadora Alda Telles. Tive a oportunidade de assistir às intervenções da Maria João “Jonas” Nogueira (Sapo), do Carlos Merigo (Brainstorm#9) e do Alexandre Maron (Editora Globo). Só lamento não ter tido hipótese de ouvir o Brian Solis. A minha comunicação foi moderada pelo Armando Alves e o Nuno Ramos de Almeida esteve quase a perguntar pela fruta quando viu um determinado slide…

Uma nota final para destacar a Virgínia Coutinho: é fantástico verificar que ainda existe gente jovem disposta a arriscar e com muita carolice conseguir organizar eventos desta envergadura. Os meus parabéns para ela e toda a sua equipa.