Novidade mundial: a nova CRIL

Hoje foi inaugurada com a pompa e as fanfarras da campanha eleitoral a chamada CRIL, no seu último troço de escassos 3,6 km entre a Buraca e Pontinha. Terá custado entre 111,6 (Público) e 153 milhões (Sol), dos quais 70 ou 73 foram para 1400 expropriações. Sobre os trabalhos a mais falaremos depois das eleições.

Afinal ninguém sabe quanto custou, mas o FMI vai descobrir e por todos a pão e água até cobrar o último cêntimo.

“Presume-se que os condutores que utilizem a nova estrada possam ganhar diariamente cerca de 4.000 horas.”Viajam no tempo? É possível, se atingirem a velocidade da luz…

E continuam: “Os ganhos anuais devido à redução dos tempos de viagem estão calculados em 28 milhões de euros e a velocidade média de circulação deverá subir cerca de 11 por cento.”

Ganhos de quê, e para quem? Onde vão todos com tanta pressa?

Perdoem o meu cepticismo, mas com a gasolina a 1.55€ e as autoestradas do norte TODAS com portagens, não me entusiasmo nada com este tipo de obras despesistas que só encorajam o tráfego rodoviário para aumentar mais ainda o nosso já elevado endividamento.

José Pinto

Comments

  1. Pedro M says:

    Bem dito…

  2. Miguel says:

    espero que nenhum ministro ou secretário de estado do actual e do futuro governo (para o caso de serem diferentes…) utilize esta nova infraestrutura rodoviária… se fizeram o que fizeram antes, imaginem agora com mais 4.000 horas por ano disponíveis para terem ideias brilhantes!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.