Finlândia – um perigoso reaccionário no Parlamento

Se isto for um verdadeiro finlandês, a Finlândia perdeu o interesse todo.

Comments


  1. O problema deste finlandês não é o reaccionarismo, é a estupidez. Mas, ao menos é uma estupidez simples, facilmente detectável e contornável por alguém um pouco mais inteligente.
    Por cá o problema é o mesmo, mas é mais difícil de detectar e de resolver porque o verdadeiro português cobre a dita com uma espessa capa de esperteza – uma espécie de grande miopia da inteligência.

    É preciso, contudo, admitir que os finlandeses têm razão em não querer pôr mais dinheiro nas mãos do estróina que veste prada:

    O fim da dominação dos falsos socialistas incompetentes.


  2. É um finlandês algo ingénuo ou básico – é essa a tradução apropriada do nome do partido (perus~ordinário, básico).

    Nada que se compare aos Majores e Jardins daí…

  3. António Fernando Nabais says:

    Será básico, mas não deixa de ser xenófobo e reaccionário, muito comparável, exactamente, com Majores e Jardins.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.