O que incomoda

Sem dúvida, o que incomoda no caso do uso de indianos, de paquistaneses, de africanos de diversas nacionalidades e de chineses no comício PS de Beja é o facto de serem imigrantes (talvez ilegais, até) que se encontravam numa situação de clara fragilidade, que não votam e que lá foram apenas porque lhes ofereceram comida e bebida (e promessa de papéis?). Não é a mesma coisa se fossem portugueses porque, com esses, haveria a dúvida se não estariam a juntar o útil ao agradável.

Um erro não pode ser justificado com outro erro, pelo que dizer que outros partidos também recorrem à camionetas de apoiantes não é desculpa para o PS também o fazer. Mas, e este é que é o ponto, o PS foi mais longe na falta de vergonha do que os outros partidos alguma vez foram. É isso que incomoda.

Comentários xenófobos? Admitam que erraram em vez de procurarem branquear um acto vergonhoso.

Comments

  1. António Fernando Nabais says:

    O texto do Jugular é um daqueles momentos em que a blogosfera se reduz a uma conversa de tasca: “Pois, fazem todos o mesmo e só porque é o Sócrates já achas mal! Tu não gostas é de pretos e de monhés, é o que é! Sabes o que é que tu és? Sabes? És um racista, é o que tu és!” No fundo, é uma questão de morneta :-))

Trackbacks


  1. […] vez o engodo para arranjar uma falsa multidão não são as bifanas mas os peixes. Esta forma de fazer […]


  2. […] episódio, somado à idiotice de ir arrebanhar carneiros para o Martim Moniz, um bocadinho menos discreto que nas aldeias do costume com as oferendas habituais, é mais uma […]


  3. […] episódio, somado à idiotice de ir arrebanhar carneiros para o Martim Moniz, um bocadinho menos discreto que nas aldeias do costume com as oferendas habituais, é mais uma […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.