Teresa Guilherme é directora do JN

A manchete do JN de hoje, dedicada ao comportamento censurável de um médico, é a prova de que Teresa Guilherme assumiu a direcção do jornal, transformado agora numa filial da “Casa dos Segredos”. Não me espantaria que o próximo editorial fosse intitulado “Isso agora não interessa nada”, com a nova directora a explicar de que modo o estômago prescinde da ética, mostrando que um vício privado é mais importante do que qualquer outro assunto.

A ser verdade, o conteúdo da notícia refere-se, evidentemente, a factos graves, mas daí a considerá-lo digno de chamada à primeira página vai a distância entre um tablóide e um jornal. O Correio da Manhã que se cuide.

Comments

  1. M.Costa says:

    Não sabia, um jornal de referência deixar-se conspurcar pela rainha da cuscuvelhice.

  2. coiote says:
  3. lidia sousa says:

    Desde que saiu o Querido Director, por razões inexplicaveis o JN transformou-se numa espécie de CM lá do sitio. Nem tenho comentários a fazer só me está a parecer que o Império do Oliveirinha, Octavio dixit, está a abanar por todos os lados. ON VERRA


  4. Há muito tempo que o JN deixou de ser um jornal de referência. Quem o ler diariamente percebe que está perante um caso de idiotia colectiva ditada pela nova linha editorial. Jornalismo sério é única exclusivamente aquele que não precisa de comer.

  5. Faroleiro da Berlenga says:

    A culpa é do público leitor que só compra merda em forma de jornal!

  6. passos coelho says:

    ~PIOR QUE ELA só mesmo os que ficam de cocóras para o corrupto dp filho da puta do pinto da bosta

  7. carlos alberto sousa almeida says:

    estamos no pais do (vale tudo),nao existe mais significado para bom caracter,etica e acima de tudo nao se premeia o merito,e mais facil explorar os sentimentos e a ignorancia das pessoas menos preparadas e nao olhar a meios para atingir os fins(muitas das vezes basta perversos),como diz um velho ditado em terra de cegos quem tem um olho ja pode ser rei…

Trackbacks


  1. […] Publicado em 26/09/2011 por António Fernando Nabais Todos os dias se confirma o que foi escrito aqui. Numa deriva perigosíssima, o próprio Correio da Manhã põe em manchete um assunto importante, […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.