Hugo Colares Pinto

Vamos começar pelo fim: o Hugo é meu amigo, ensinou-me o pouco que sei de photoshops e artes gráficas, sou portanto muito mais suspeito do que o costume.

É um dos melhores ilustradores, sobretudo na sua especialidade – colagens digitais, mashup gráfico se quiserem, que vi até hoje, e vejo umas coisas. Autor da imagem gráfica do Aventar (e doutros blogues onde escrevi ou escrevo), desabafava hoje assim:

Estou farto de andar a pedinchar que me paguem pelos trabalhos que faço ou que pelo menos me paguem alguma coisa “por conta”… Acho que vou começar a publicar os nomes dos “calotes”. A “crise” é desculpa para tudo e os “independentes” (desempregados de longa duração que vão fazendo uns biscates mal pagos, dependentes dos trabalhos para “amigos” a preços de amigo ou quase de borla) ou “freelancers” ou como queiram chamar a esta situação de fodidos e mal pagos, passam metade da semana atrás dos “clientes” para ver se recebem e outra metade atrás de promessas de trabalho que não passam disso…e mostrar sempre cara de “tudo bem”… ESTOU FARTO! mas tudo bem: ACEITO TRABALHOS DE DESIGN GRÁFICO, ILUSTRAÇÃO, FOTOGRAFIA!

Pode ver os seus trabalhos e contactá-lo no Grafices (nunca mais o convenço a mudar-se para o WordPress), e aqui.

(selecção minha)

Comments


  1. A pretexto da crise é prática corrente ficar a dever aos trabalhadores, sabendo de antemão que nunca lhes falta mão de obra quase de borla…
    Tenho um filho que trabalhou 2 meses para uma criatura que não só não lhe pagou, como cada vez que era confrontado com a dívida, pedia o NIB e dizia que era amanhã.
    Já lá vão uns 3 anos.
    O mundo do trabalho está a ficar um lugar estranho!

    • MAGRIÇO says:

      Eu diria antes: o mundo do trabalho está cheio de empresários vigaristas e ladrões.

  2. jorge fliscorno says:

    Excelentes trabalhos. Gosto.