Como Resolver a “Crise”


Quando os recursos são poucos*, só há uma solução para sair da “crise”: competência.

Não seria tempo de chamar gente genuinamente competente, sem maquillage e sem botox na cabeça, para fazer o que tem que ser feito? E, já agora, na mesma rodada, despedir os botas, repatria-los e sem direito a “subvenção vitalícia”? – Afinal, eu não os vejo a fazer Bem à Nação.

Comments

  1. MAGRIÇO says:

    Ora aí está! Universitários mais ou menos talentosos é uma coisa; políticos competentes, outra e bem diferente!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.