A greve nunca existiu, a imbecilidade cumpriu a rotina

De acordo com as estatísticas oficiais ontem não fiz greve, a minha escola não esteve fechada, não aconteceu nada. Nada.

Os dados estão disponíveis online, os totais e os parcelares.

Escolas Básicas e Secundárias do Centro em 46724 funcionários 0 grevistas.

Estatisticamente não existo. Estatisticamente como ontem não aconteceu nada espanta-me a indignação de tanto honesto trabalhador que continua por aí vociferando contra a meia-dúzia de perigosos sindicalistas que ontem fez greve, esquecendo o estado em que o país está, a necessidade de pagarmos 34400 milhões de euros só em juros à troika, vamos todos trabalhar, viva a austeridade essa proximidade possível com a penitência e o cilício, produzir mais, muito mais, comer e calar (e escolhi esta ilustração com duplo sentido, é verdade), abrir bem o esfíncter para eles entrarem melhor. Há coisas fantásticas, não há?

Comments

  1. MAGRIÇO says:

    Joseph Goebbels deixou escola! Até nisto estes neófitos governantes não escondem a sua imaturidade…

  2. doutro lado says:

    Queira fazer o favor de exigir que çlhe seja pago o dia de salário. Dado que ainda que “ofisiosamente” tenha feito greve, “oficialmente Não Fez

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.