Delikatessen pascais


O Coelho da Páscoa anunciou-nos o “adiamento” do pagamento do 13º e 14º salário para 2015. Desconfia-se que chegada a data, chegar-nos-á um “logo se verá”. Isto é mesmo a terra do nunca.
Também ontem, Mário Soares protagonizou um daqueles episódios em que fez valer pela praxis, o seu pensamento acerca do que devem ser as funções do Estado regulador e das obrigações a assumir pelas imprescindíveis funções dos presidentes passivos em exercício. Pois, pelo que parece, as viaturas do Estado servem para tudo e se ainda nos lembramos daquele acidente ocorrido na Avenida da Liberdade, onde um parlamentar bólide de “trinta mil contos” foi para sucata, agora ficámos a saber que o Estado – quem é esse fulano? – também vai pagar a multa de Mário Soares.
Façam as contas: mais de dezassete milhões anuais para Belém, aos quais se acrescentam viagens, paradas de limusinas de Praga até Barcelona onde espera um Falcon, Comissões celebratórias do Grande Nada, enxames de assessores que aparentemente não aconselham, três passivos no activo e também… multas por excesso de velocidade? Para cúmulo, o oficial da GNR diz que Mário Soares foi “bastante malcriado”. Terá metido “carvalhos e o orifício reprodutor da mãe” na gritaria?
Esta gente enlouqueceu.

Comments

  1. Pisca says:

    Pura demagogia

    1 – Ao que sei tais “benesses” apenas são aplicadas se o Ex-Presidente em causa tiver cumprido 2 (dois) mandatos – 10 (dez) anos no cargo, o que tem sucedido a todos eles

    2 – Seguindo a logica do Nuno, seria tudo mais barato se tivessemos um Rei, Uma Rainha, Uns Principes, Umas Princesas, Uns Duques, Uns Marqueses, Uns Condes, barões já temos, e mais uns valetes de trunfo, um por cada naipe

    Era isso ?

    Dec.Interesses: Não gosto nunca gostei e detesto o personagem em questão

  2. Nuno Castelo-Branco says:

    Pisca, acertou em cheio, é isso mesmo. Passe a fronteira e veja. As contas estão publicadas e se quer ir mais longe, também pode. Ficam por menos de metade, embora não seja apenas isso o que está em causa. Quanto a duques, marqueses e outros, não custam um centavo aos respectivos Estados Por cá temos nobreza como classe a que damos o nome de comendadores. Em Espanha os duques ficam de borla, ao contrário dos lusos Comendadores do 10 de Junho, por sinal ligados a PPP e outras “benfeitorias” do esquema vigente. Ou duvida?

  3. maria celeste ramos says:

    Afinal há tanto dinheiro no país – Sempre houve – não está é onde é preciso – Hoje é 5ª feira-Santa – da Semana Santa – talvez também seja erradicada da nossa memória e Identidade Nacional – e para quê tanto governante se o governo já foi lá para bruxelas para onde todos querem ir ?? E vão – como é dia Santo não digo que podem ir todos para a puta que os pariu porque sou eu que os “alimento” e ainda são malcriados porque essa do ESTADO quem o alimenta ?? Se é nruxelas quem manda porque não se acaba o governo fantoche para fazer teatro – odeio teatro – prefiro o aventar

  4. Zuruspa says:

    “Sua insolência” o senhor da foto é o mais monárquico dos políticos da República.
    Ele pode cantar aos quatro ventos que é “republicano, laico, e socialista” o que ele quiser, que näo é nenhum dos três. E isso vê-se nas suas acçöes, tal como esta. Fez pura e simplesmente de reizinho.
    E a dinastia Soares continua no activo, até pensei que os monárquicos gostassem dele!

    Mais: vocês monárquicos säo ainda piores em contas que o português médio. Os “duques, marqueses e outros, não custam um centavo aos respectivos Estados? Ou sois ingénuos ou desonestos!
    A Madeleine da Suécia anda a viver à grande em Nova Iorque a expensas do povo sueco…
    e falem muito de Espanha, falem… tá lá um embrulho pouco pequeno na Casa Real…

    Comissões celebratórias do Grande Nada?
    Estás a falar dos casamentos reais, baptizados reais, coroaçöes reais, noivados reais, divórcios reais, aniversários reais, jantares reais, festas reais, romarias reais, funerais reais?
    Ah, mas isso é só para os turistas, pois pois pois pois pois.

    “Foge, cäo, que te fazem baräo!” é da República?

  5. Pisca says:

    Isso dos orçamentos há de todo o tipo, uns mais “ursamentos” que outros, vidé aqui ao lado o “Principe com sorte” da Princesa e as trafulhices onde parece estar metido, está-lhes no sangue

    Duques e Marqueses de borla, quando muito baratas são as marquesas em falta nas urgências

    Os Comendadores medalhados, até o Rui Veloso foi e não me parece que coma do estado, a não ser quando trabalha (canta), contratado pelo mesmo

    dec.interesses: não estou inscrito em nenhuma lista para medalhas, nem de lata

  6. Pisca says:

    Há um principio sagrado para mim, porque é que um alarve qualquer só porque nasceu da real vagina, tem que ser o dirigente máximo do meu país ? Se é por simbolo prefiro a bandeira e o hino, são de borla, tirando aqueles pins patetas que os amanuenses de turno (a.k.a governo) agora usam na lapela, parecem os angariadores da remax

  7. Pisca says:

    Uma correcção:

    Fui ler a lei e de facto é aplicável a todos os Presidentes da Republica que tenham completado um mandato

    O valor de subvenção pago é 80% do valor pago ao Presidente em exercicio, sem despesas de representação

    Os tais 300 mil euros (ainda assim um bocado), inclui claro todos os custos adicionais, carro, motorista assessor e secretário/a à escolha do titular

    O Ex-Presidente é também membro inerente do Conselho de Estado (note-se os Conselheiros que recebem por reunião apenas, não sei o valor mas não deve ser nada de especial)

  8. Nuno Castelo-Branco says:

    Pisca, o ex-capeão de basquete Urdangarin, não se senta à mesa do orçamento. A vigarice foi feita noutro âmbito e por sinal, não seguiu a “sugestão” – vindo de quem vem é uma ordem – do sogro para não se meter em negócios, para mais desses que envolvem dinheiros públicos. Mas verifique a diferença daquilo que ali se passou com o que aqui se sabe acerca dos nossos donos, sempre refastelados e seguros dos seus importantes narizes. Quanto aos comedadores, sabe bem que não me refiro ao Veloso, mas sim aos que estão “offshorizados” – lá fora e dentro de portas – em paragens mais ou menos cobertas de areias quentes, palmeiras, etc. Esse mesmo, por sinal amigo do comensal de Belém que faz trupe com dúzias de outros. Veja bem quem andou encafifado no BPN e conclua acerca das comendadorias coincidentes. Nada é por acaso.
    Já agora, fique sabendo que o pin agora usado “fazendo de conta” ser patriótico – imitando os amigos USA -, deve-se simplesmente à razão dos utentes do mesmo, serem membros “daquela sociedade” já nada discreta e que utiliza aventais fora da cozinha. Apenas isso. Pensavam tratar-se de um código entre eles, mas a coisa já transpirou. No governo, quem usa o pin tinto-verde, é “irmão”.
    *Já que fala em vaginas, muitas verde-tintas andam há gerações a parir por aí, como é o caso daquelas que dão à luz familiares do objecto deste post, além dos Santos Silva, etc, etc. Leia os apelidos dos deputados da AR e perceberá à primeira, surgindo como por magia Soares, Mota Pinto, Candal e por aí fora. Até saltitam de regime em regime e não me venha argumentar com mérito. Pois, o princípio republicano é muito interessante aparentemente mais justos, mas a verdade é que nas nefandas “Monarchias” – uma pena terem feito aquelas reformas ortográficas após 1910 -, as coisas funcionam melhor. O que me interessa é a praxis, pois de teorias estamos cheios até aos gorgomilos.

  9. Zuruspa says:

    Pois claro, NC-B, o que acontece com o genro do rei (ou a nora da Rainha) näo afecta a Monarquia (um sistema de base familiar), mas por haver um ou dois (ou 10) comendadores corruptos em 1.000 já afecta a República.
    Isso chama-se desonestidade intelectual.

    As monarquias do Norte da Europa?
    Säo täo civilizadas e democráticas e incorruptas como… as repúblicas do Norte da Europa!
    Pois é, näo é do sistema, é das pessoas. Mas a cegueira é tal…

  10. João Costa says:

    Parece-me que a grande diferença não esta na real gavina ou plebeu ânus o problema é que as urnas já pariram demasiados reis e príncipes por cá. E o exemplo que este sr tem deixado ao longo da sua disparatada vida é demais para o comum dos mortais.
    Isto para não falar nos outros. Por agora fiquemos por este que não gosta de donas de casa.

  11. Buiça da tremonha de baixo says:

    1 – Têm direito a veículos para uso pessoal os titulares dos seguintes cargos políticos:
    a) Presidente da República;
    b) Presidente da Assembleia da República;
    c) Primeiro-Ministro e Vice-Primeiros-Ministros;
    d) Outros membros do Governo e entidades que por lei lhes estejam equiparadas;
    (uma data de gente inclusive oficiais generais na reserva…
    e) Presidente do Tribunal Constitucional.
    2 – Estes veículos serão distribuídos às entidades referidas no número anterior à razão de um para cada uma, à excepção das referidas nas alíneas a), b) e c), para as quais não existe tal limitação.
    3 – À utilização das viaturas oficiais atribuídas pela presente lei aplica-se o disposto no Decreto-Lei n.º 50/78, de 28 de Março.
    1 – Os membros do Conselho de Estado têm direito ao reembolso das despesas de transporte, público ou privado, que realizem no exercício ou por causa das suas funções.
    (e sem esquecer das multas que sofram quando em ida para con ferências portistas

    2 – Os membros do Conselho de Estado têm ainda direito às ajudas de custo fixadas para os membros do Governo, abonadas pelo dia ou dias seguidos de presença em reunião do Conselho….cousa pouca

    o rey custa muito mais que os 4 presidentes e ex-presidentes ainda vivos….

    de resto Mário Soares I é o 2º presidente-rey após Sidónio

    e a GNR é a sua guarda real

    parece mal a guarda real dar multas ao seu rey e senhor

  12. Buiça da tremonha de baixo says:

    Obviamente o nº de corruptos e pessoas veniais num depende de se estar num império ou numa púbica rês…o facto de se terem de comprar as cortes republicanas ajuda um bocadinho

    mas os partidos da carta monárquica e o republicano pré-1910 também tinham as suas cortezinhas de interesses

    o facto de nem Soares ter manifestado o dever de pagar como ex-1º cidadão o que qualquer cidadão comum é obrigado

    não destoa do par lamento ter feito como a banca nacional e ter saído hoje ao meio-dia para ir de férias enquanto a restante maralha do funcionalismo (excepto profes) tiveram de gramar até às 16 h30 as queixas dos restantes concidadãos
    (e até às 20 horas na loja do cidadão que tava chea…meus)

  13. Gajo Republicano Laico e Mação... says:

    E obviamente Soares Pagou – O estado Sou Ares…tal como Luís XIV
    O estado é nosso Soares e ses amis…e ilhas políticas adjacentes

    Ass i Nado: Mação di Mani Pulite…

  14. Gajo Republicano Laico e Mação... says:

    Pagar nós?
    ó guarda afasta a piolheira da nossa rainha D.amélia Soares Barroso…
    querem esmola…iste só visto
    falta de bergonha é o que é…
    adeviam ser processados
    Falar assis do senhor Professor Doutor Martirizado como São Tomé…

  15. Gajo Republicano Laico e Mação... says:

    Só 300 mil por ano?
    Isso gasta o rei de Espanha e o Arménio Carlos em palanques e bandeirinhas…

    3X 300.000 são só 900 mil é pouco nem chega ao milhão
    e a 10 anos cada um (Soares ia tentando os 20 e portanto chegará aos 100 anos)
    daqui a 5 anos só há 4 ex-presidentes
    A família real reproduz-se mais
    E da gente nobre só o Marquês merece estátua
    (o resto da maçonaria fidalga ganha nome de rua)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.