Salgueiro Maia em Duas Fotografias

Santarém, Jardim dos Cravos. Homenagem a Salgueiro Maia.
25 de Abril de 2012. © Um Amigo.

Santarém, sob a Ponte Salgueiro Maia, com a Linha do Norte ao fundo.
Uma das grandes vitórias de Abril tem sido, precisamente, reforçar as liberdades e garantias de todos os cidadãos. Sobretudo a garantia de que não é preciso levantar cedo para pagar impostos sobre o trabalho para ter o direito de usufruir de rendimentos garantidos. E, já agora, a liberdade de poder ser dono de um carro de 80 mil euros.”
© 2009, Um Amigo. ps: inverter a ordem das fotos. Obrigado. 

Comments


  1. Epá, esta é a nova arquitetura onde morarão os portugueses (retirando o carro, claro, que entretanto foi leiloado pelas Finanças).


  2. O BMW não é apenas resultado da liberdade é sobretudo consequência do capitalismo e a sua subversão de valores, no qual tudo o que o ser humano deve procurar é a demonstração de riqueza, sinónimo de sucesso, pináculo do capital.


  3. Era uma vez dois irmãos, um emigrou o outro ficou em Portugal, encontram-se uma vez por ano quando o emigrado vem visitar a familia.


  4. O que tem o Salgueiro da Maia a ver com as barracas e seus carros?
    Por acaso, hoje há muito menos pessoas a viver em barracas e casas degradadas do que em 1974.
    Muito também graças ao populismo dos autarcas, que distribuem casas à esquerda e a direita porque não lhes custam… Mas entre o despesismo público, atribuir casas a quem não tem até é das coisas mais certas que vejo por aí.
    Mas faz-me impressão que uns tenham casa posta gratuitamente e outros (como eu) se endividem para toda a vida para ter uma casa semelhante. E outros, sem poder pagar, são postos na rua pelo banco.
    Era preciso moralizar isto e restaurar a decência.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.