Bispo D. Januário: falou, levou

É a Democracia Relvas a funcionar em pleno! É a máquina laranja a fazer o seu trabalho.

“É evidente que não posso deixar de associar uma coisa à outra. É uma tentativa de linchamento da minha vida privada”

Eu por mim não tenho dúvidas – este ataque ao Bispo é um excelente exemplo da saúde da nossa Democracia! Não me canso de agradecer a quem colocou esta gente no poder!

Comments


  1. É sem dúvida fenomenal! Eu pessoalmente não fico surpreso pois desta populaça não será de esperar grande comportamento…
    Criticou o Governo…
    A recompensa “Quem esse Bispo?!? É um sem vergonha! Ganha quase 4500€ de reforma”
    Primeiro devo salientar que a reforma não se ganha!
    Segundo reforma não é salário!
    Terceiro, infelizmente até o Bispo se deixa arrastar por este discurso fétido…
    Aliás… Basta olhar para o “Presidente da República” o exemplo a seguir em termos de jogatanas com salários e reformas… E bem superiores… E no entanto ninguém fica escandalizado quando este indivíduo vem falar, com a boca cheia de bolo-rei, sobre o mesmo tema… E isto é coisa que não falta!!!
    Depois até parece que não vivemos segundo as REGRAS de um SISTEMA criado pelos que agora largam estas informações. Para quem ficou confuso… Estes belos meninos e meninas… São estes os criadores do Sistema! (só alguns dos mais conhecidos, é claro! Se porventura algum achar que deve ser colocado na foto de Família avise!)
    Tenham cuidado pois só de olhar podem ficar igual a eles!
    E depois escusam de vir criticar o Sistema…
    Chegamos ao ponto em que o Sistema é INCRITICÁVEL
    normalmente é este o ponto alto das “Democracias” 😆 😆
    Mas, também… A MANADA de portugas tem aquilo que merece.

    • MAGRIÇO says:

      O facto de alguns órgãos de comunicação se terem prontificado a fazer o frete ao governo publicando atoardas sobre o bispo, é bastante elucidativo sobre a falta de coluna vertebral de alguns jornalistas e como se deixam manipular pelo poder.

Trackbacks


  1. […] na alma, ao convidar os portugueses a revoltarem-se. A Direita, sempre católica e pouco cristã, mostrou, imediatamente, as garras, esquecendo o carácter revolucionário de um messias que arrastou multidões e que, muito […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.