O Putedo das Esquerdas

O Congresso das Alternativas é uma coisa que volta e não volta regressa para cheirar mal a partir do lado do espectro castrado nacional que se intitula de Esquerda. Sempre digladiantes e sempre rivais, devorando-se pelas décadas, aparecem agora, velhos e catarrentos, organizadores e primeiros aderentes do Congresso das Alternativas. Comecemos pela coisa inefável chamada Soares. Politicamente, Soares é um nojo. Um nojo ao nível do desgaste e da dissolução de Cavaco, coisa inexorável. Nojo porque não avalia os desastres que a sua prole causou ao País. Nojo porque hemiplégico da Razão. Mesmo o PCP, espécie de Partido Comunista Católico Nacional, ameaça aderir a esse folclore pífio. Isto, resumidamente, é mais um passe cínico de contorcionismo: imagine-se João Galamba, Isabel Moreira, o bosta total valupi, arvorando-se todos de Esquerda, criados, como Eva, a partir da costela do Filho da Puta dos Furtos, e já podemos crer ter avistado um porco a fazer parapente. O único perigo será levar a sério gente que já mostrou de que lado perigoso-guloso quer estar. Ser de Esquerda, para estes merdas, é uma espécie de gripe nostálgica quando se confrontam com a impossibilidade de ser Poder para sugar e sugar Portugal. Beatos do caralho!

Comments


  1. Desisto…. definitivamente desisto do mau gosto plasmado nestes textos.
    Repito… não está em causa a sua opinião.
    Está em causa o mau gosto como a exibe.
    ACREDITE QUE NÃO TERÁ MAIS COMENTÁRIOS MEUS.

  2. palavrossavrvs says:

    O que seria de nós sem autoclismo?! Obrigado pelo elogio.


  3. gosto da agressividade usada! choca mais a forma descarada como usaram o estado para proveito próprio!

  4. Carlos Sousa Ramos says:

    Pois, o que dizer? Se para defender as minhas opiniões terei de ter um discurso insultoso e malcriado, então desisto de o aqui fazer. E já agora, se substituirmos “esquerdas”, por “direitas”, ou “Soares” por “Cavaco”, ou…. estão a entender, não estão’, será que ficava diferente? Será que não se ía obter o mesmo resultado. Será que o autor deste artigo/opinião ficaria aborrecido? Injuriado? Será que iria reagir destas forma ou iria partir para o insulto fácil? Enfim, sem nada para fazer entretem-se a ocupar o tempo. É como eu. e me vou que tenho coisa mais importante a resolver a bem da humanidade.

    • palavrossavrvs says:

      Meu caro Carlos, eu estou além-Soares e além-Cavaco: para mim os dois representam resíduo e dano para Portugal. Mau sinal, a durabilidade no falhar e o excessivo tempo de antena.

  5. António Taveira says:

    Sem comentários…O titulo e o texto que define quem o escreve…
    Há quem à falta de argumentos para “atacar” – porque nem de critica se trata – uma boa iniciativa de muitos que na esquerda
    pensam Portugal desça ao nível mais ignobil que se pode
    imaginar…


  6. Adeus, Aventar.

  7. José António says:

    Não sei quem se julga este “demiurgo” que se coloca acima dos princípios para atingir todo um espectro, quando só uma estreita faixa dessa esquerda (efectivamente mais à direita que à esquerda) é responsabilizada num processo com continuadores à direita, que em muito pouco tempo já demonstraram muito mais voragem e descaradamente que os seus antecessores. Por acaso não o incomoda o modo como estes ganharam o voto dos eleitores para se guindarem ao poder? Não o incomoda a estratégia da mentira pura e dura usada para esse fim? Que legitimidade sobra a um acto eleitoral nessas circunstâncias?
    Afinal onde está esse propalado “putedo”? Não o vejo nas esquinas mas no poder laranja azulado que o seu daltonismo impede de identificar com clareza.
    Recomendo-lhe para além de lentes com umas boas dioptrias o cuidado para não trincar a sua própria língua … é que se a adjectivação matar será decerto a primeira vítima.

    • palavrossavrvs says:

      Concordo consigo. Mas não posso versar todo o lixo ao mesmo tempo. Tenho de ir por partes no partir e repartir as fuças da realidade.

  8. José Luís Graça says:

    O que você escreve é abaixo de cão, prima pelo insulto e pelo palavrão. Se for embora daqui, o ar do Aventar fica mais respirável. Desapareça! Xô! Xô!

  9. nonsense says:

    O Pulido faz-te mal à cabecinha.Relê o Pimenta ou o Barbosa du, é menos indigesto…

  10. patriotaeliberal says:

    #0,
    “…criados, como Eva, a partir da costela do Filho da Puta dos Furtos,…”

    Considero esta frase a verdadeira blasfémia do texto. É aborrecido e discriminatório para os criacionistas. E, como sabemos, há pessoal muito criativo.

    Por falar em criatividade, este é mais um texto que segue na linha de Gil Vicente, Bocage, Eça, Almada e tantos outros escritores portugueses, como costuma defender o palavrossáurius.

    Mais, vem ainda na linha das cantigas de escárnio e maldizer.

    Continua, que com estas modernices ainda ensombras o Luiz Vaz de Camões ou o Fernando Pessoa. Quiçá, um Saramago!

    Já agora lê o “Caim” do Saramago. A explicação para o umbigo do Adão está uma maravilha.

    Saramago trata o Adão com muita dignidade. Já tu chamas-lhe “Filho da Puta dos Furtos”.

    E isso não é bonito.

  11. patriotaeliberal says:

    Por falar em criatividade, criacionismo, literatura, arte e figuras de estilo, um grande bem-haja ao dariosilva pelo eco, pela espécie de coro dos cornudos do Luis Pacheco.

  12. patriotaeliberal says:

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.