O Princípio da Igualdade


Constitucionalista e catedrático da Universidade do Porto, o Prof. Doutor Paulo Ferreira da Cunha lembra neste vídeo que alguns não estão a ver toda a dimensão do principio da igualdade.
Igualdade não é tratar a todos de forma aritmeticamente igual, ainda que seja tratar a todos mal, e promovendo desigualdades. Se tirar apenas a um grupo é desigualdade, tirar a todos o que lhes é devido, atingindo o limite da dignidade pelo menos de alguns, não o seria menos.

Comments

  1. Edite Dias says:

    Esse Senhor que acabou de falar dissertou filosóficamente sobre o pricípio de igualdade mas não disse nada. Eu próprio sou reformado da CGA e consequentemente, fui atingido pelos cortes. Muito antes de se falar em cortes nos subsídios eu tinha a consciencia de que em qualquer momento, os mesmos poderiam ser cortados ou suspensos, uma vez que, os subsídios não prestações obrigatórias e não fazem parte integrante dos vencimentos, e por isso, podem ser cortados pelo Governo desde que o mesmo faça um pré aviso respeitando um espaço de tempo razoável.

  2. Edite Dias says:

    Correção: Onde se lê os subsídios não Prestações, deve-se ler, os subsídios não são prestações obrigatórias……..

    • MAGRIÇO says:

      Está enganado! Os subsídios de Natal e de Férias estão consignados na lei, fazendo parte dos contractos de trabalho que, como é evidente, não podem ser unilateralmente alterados. Não se esforce tanto para defender os governantes porque, para além de não precisarem da sua ajuda, nem sequer a merecem.


  3. Nota: o autor do vídeo tem como política não responder a insultos e provocações.

    Obrigado.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.